Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Chá de salsa: saiba se é realmente benéfico preparar essa bebida

Buscando proporcionar benefícios à saúde, muitas pessoas recorrem às plantas medicinais. Uma planta que ficou bastante em evidência nos últimos tempos é a salsa. Basta realizar uma breve pesquisa para perceber o quanto o chá de salsa passou a ser difundido. Mas, afinal, será que o preparo do chá faz bem mesmo ao nosso organismo?

Nós conversamos com Rodrigo Silveira, diretor e criador do Ervanarium – uma escola online de fitoterapia e cuidados naturais de saúde – e tiramos todas as dúvidas sobre o chá de salsa. Descubra, a seguir, se essa bebida de fato contribui para a saúde.

O chá de salsa faz bem ao organismo?

iStock

A salsa apresenta vários benefícios, como analisa Rodrigo Silveira. É rica em clorofila, capaz de purificar o sangue e desintoxicar o organismo. Além disso, essa planta também é uma grande fonte de magnésio, um mineral responsável por facilitar a absorção de nutrientes, regularizar os batimentos cardíacos e fortalecer os ossos.

No entanto, o diretor da Ervanarium alerta para a diferença entre preparar o chá de salsa e usar essa planta como alimento. Os principais benefícios da salsa acontecem quando fazemos seu uso em receitas. No entanto, se você quiser preparar o chá, a bebida deve ser feita com segurança e para uso pontual. Você pode tomar por três dias seguidos no máximo e em casos específicos, como infecções urinárias.

Segundo Siveira, a miristicina, componente encontrado na salsa, têm demonstrado potencial como desintoxicante, diurético e também na diminuição dos cálculos renais. Porém, é preciso cautela, já que os estudos a respeito dela ainda estão em andamento.

Possíveis benefícios do chá de salsa

iStock

Para entender melhor os riscos desse chá, investigamos quais são os benefícios trazidos pela bebida nos seu usos mais conhecidos. É importante destacar que cada organismo funciona de um jeito e só você e seu médico podem ter certeza do que é melhor para a sua saúde, mas sempre vale se informar a respeito do que você pretende consumir, não é mesmo?

É bom para os rins?

O chá de salsa pode, sim, contribuir na purificação renal, mas os estudos acerca dos componentes da planta ainda estão sendo realizados. De todo modo, é recomendado que pessoas que já apresentem problemas renais optem por ervas alternativas, como o quebra-pedra.

Ajuda a emagrecer?

Como a salsa é um diurético poderoso, beber o seu chá dá a ilusão de emagrecimento. Na verdade, no consumo excessivo, a pessoa acaba eliminando muita água, sobrecarregando os rins. Isso pode levar a uma desidratação indesejável, comenta o diretor da Ervanarium.

Contraindicações do chá de salsa

iStock

A salsa, como uso medicinal, é uma planta que pode apresentar riscos para a saúde, afirma Silveira. Embora seja utilizada para purificar os rins e até mesmo como desintoxicante ou emagrecedor, é preciso ter cuidado com o seu princípio ativo, o apiol, também conhecido como “óleo verde de salsa”.

Há, ainda, alguns casos específicos em que não se deve consumir a planta: durante a gravidez, na amamentação e também em casos de nefrose (doença nos rins).

Quando consumido em excesso, o chá de salsa pode, entre outros problemas, afetar a audição, os rins e causar vertigem. Para quem deseja obter todos os benefícios medicinais da salsa sem colocar a saúde em risco, a sugestão é administrar essa planta na forma de homeopatia.

Como usar o chá de salsa na culinária

iStock

Embora o chá de salsa seja altamente propagado, é preciso ter cuidado quanto ao seu consumo. Como a salsa é facilmente encontrada nas nossas cidades e pode, inclusive, ser cultivada em nossas casas, como em uma horta no jardim, preparar o seu chá é algo bem prático, e muitas pessoas consomem a bebida sem ao menos ter uma consulta médica.

Sendo assim, para proteger a sua saúde, a indicação de Rodrigo Silveira é que a salsa seja consumida apenas como alimento e em quantidades diárias menores que 200 g. A principal forma é utilizando-a como tempero de receitas para dar um gostinho a mais aos pratos. Experimente complementar carnes e pratos salgados para variar nos condimentos comuns.

Com todas essas informações, você já sabe dos cuidados que precisa ter ao consumir uma erva medicinal. No caso da salsa, ela não apresenta riscos quando utilizada na culinária – seja para dar mais sabor ao frango ou ao macarrão de domingo – mas seu uso em chás não é recomendado. Antes de fazer qualquer chá, procure um profissional da área.

O post Chá de salsa: saiba se é realmente benéfico preparar essa bebida apareceu primeiro em Dicas de Mulher.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.