Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Conheça as dores mais comuns na gravidez e saiba como combatê-las

Além de ser um período cheio de expectativas, a gravidez também pode ser marcada por medos e inseguranças – especialmente quando as futuras mães enfrentam dores inesperadas. Afinal, como saber se esses incômodos são normais ou um sinal para procurar um médico?

Para nos ajudar a esclarecer essa e outras dúvidas, conversamos com o Dr. Alexandre Pupo Nogueira, ginecologista e obstetra membro do corpo clínico do Hospital Albert Einstein e do Hospital Sírio Libanês.  

O ginecologista afirma que, mesmo quando a gravidez está indo bem, a gestante pode sentir algumas dores e incômodos. “A gravidez provoca muitas alterações no corpo, como ganho de peso, mudança postural, de equilíbrio e da conformação da coluna vertebral. Todas essas mudanças podem causar dores em partes distintas do corpo e da própria barriga”. A boa notícia é que a maioria das dores é muito comum – mas ainda assim é importante ficar atenta e informar o seu médico sobre todas elas.

anemia na gravidez

Mesmo com uma gravidez saudável, é normal que a gestante sinta algumas dores e incômodos. Foto: iStock

Dores mais comuns

Dr. Alexandre explica que, no início da gestação, é normal ter cólicas no baixo ventre e uma dor aguda nas regiões laterais junto à região inguinal (na virilha) em decorrência da acomodação do útero à gestação. Sem sangramento e sendo essas dores esporádicas, não há motivo de preocupação.

Outro sintoma comum é a lombalgia, dor na região da lombar decorrente da mudança da postura devido ao crescimento do útero e ao ganho de peso. “Trabalhar o fortalecimento de músculos da coluna e abdômen antes de engravidar é recomendável para evitar essas dores”, recomenda.

Mas as mudanças na coluna podem virar problemas maiores: “Conforme a gestação avança, as curvas naturais da coluna se acentuam para acomodar a mudança no ponto de equilíbrio do corpo. Isso pode pinçar raízes nervosas como a do nervo ciático, por exemplo, que causa dor na porção posterior das pernas e pode, em casos extremos, dificultar o caminhar e incapacitar a gestante”, explica. Por isso, é fundamental o acompanhamento médico.

Sentir dor na região suprapúbica também é normal com o avançar da gestação, pois o bebê pressiona o útero sobre o osso dependendo da posição. O uso de cintas para gestante costuma aliviar o incômodo.

Além disso, entram na lista as dores articulares e nas plantas dos pés: elas geralmente são causadas pelo aumento do peso da gestante, que acaba por forçar as articulações e a chamada fáscia plantar (que pode originar uma fascite, inflamação de uma faixa de tecido que liga o osso do calcanhar aos dedos dos pés). “Por essa razão, é fundamental que a gestante controle o ganho de peso e evite carregar objetos muito pesados. Ginástica na piscina e fisioterapia ajudam bastante”, orienta o especialista.

Pré-eclâmpsia: Entenda a complicação que Beyoncé teve na gravidez dos gêmeos

A movimentação do bebê e a posição da sua cabeça dentro do útero também podem causar dores, principalmente no final da gestação. “Normalmente este desconforto cessa com o repouso da gestante sobre o lado esquerdo do corpo”, afirma.

Quais dores podem ser motivo de preocupação?

No início da gestação, dores em cólicas constantes e em especial com sangramento vaginal são preocupantes pelo risco de representar abortamento ou descolamento ovular importante.

Já no meio e final da gestação, ter cólicas em uma freqüência ritmada de 10 em 10 minutos acompanhadas de endurecimento do útero e sensação de que as costas estão se abrindo, ou ainda a sensação de pressão no baixo ventre, podem significar trabalho de parto prematuro. O médico deve ser informado imediatamente.

Dor para urinar acompanhada de aumento da frequência e saída de pouco volume de urina pode significar infecção urinária. Essa pode desencadear trabalho de parto prematuro por irritação do útero pela inflamação da bexiga, dado que ambos os órgãos estão ligados. Deve-se avisar o médico rapidamente.

Saiba o que você pode aprender em curso para gestantes

 

O post Conheça as dores mais comuns na gravidez e saiba como combatê-las apareceu primeiro em Fortíssima.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.