Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Dubladora de “A Pequena Sereia” original rebate críticas à escolha de atriz negra para protagonista do live-action: “Mais importante é contar a história”

Na semana passada, a Disney pegou a todos de surpresa ao anunciar sua protagonista para o live-action de “A Pequena Sereia”. Halle Bailey, de “Grown-ish” e do duo Chloe x Halle será a filha do Rei Tritão no longa. E após uma série de críticas e comentários racistas, Jodie Benson – que deu voz à personagem original – se posicionou quanto ao assunto em um evento, registrado e divulgado no Instagram.

Antes de mais nada, devemos nos lembrar que a atriz escolhida e a Disney receberam um feedback negativo por ela não ser branca e ruiva, como na animação, mas sim, uma artista negra. Mas para a “primeira Ariel”, a aparência da personagem é o de menos. “Eu acho que a coisa mais importante é contar a história”, disse a dubladora, durante um painel na Florida Supercon.

[anuncio]

Jodie continuou afirmando que temos de ser “contadores de história”, e que as aparências ou origens não devem ser as coisas mais importantes nesse sentido. “Não importa como nós aparentamos do lado de fora, não importa nossa raça, nosso país, a cor da nossa pele, nosso dialeto, se eu sou alta ou magra, se estou acima ou abaixo do peso, ou se meu cabelo é de qualquer cor, nós realmente precisamos contar a história”, defendeu ela, com aplausos do público.

“Não enxergamos nada que é diferente do lado de fora”, acrescentou Benson, que fez questão de reforçar seu ponto de vista, que o essencial é o “interior” da personagem. “Eu acho que o espírito da personagem é o que realmente importa. O que você traz à mesa em uma personagem, assim como seu coração e espírito é o que realmente conta”, defendeu ela. Confira o momento, publicado no perfil de Lauren Marshall (@part.of.my.disney.world):

Falou e disse! Nos últimos dias, logo após o anúncio de Halle como protagonista, vários comentários infelizes tomaram conta das redes, sem aceitá-la. Fizeram até mesmo uma de petição à Disney, sob a hashtag “#NotMyAriel” (não é minha Ariel). Até que o perfil oficial do Freeform, um dos canais da empresa se manifestou, com uma carta aberta às “Pobres e lamentáveis almas”.

[anuncio]

“Sim, o autor original de ‘A Pequena Sereia’ era dinamarquês. Ariel… é uma sereia. Ela vive num reino aquático em águas internacionais, e pode legitimamente nadar para onde ela quiser (mesmo que isso às vezes magoe Rei Tritão). Mas a título de argumentação, vamos dizer que Ariel, também, seja dinamarquesa. Sereias dinamarquesas podem ser negras porque *pessoas* dinamarquesas podem ser negras”, escreveu a carta.

“Pessoas dinamarquesas negras, também podem ser *geneticamente* ruivas. Mas alerta de spoiler – voltamos ao topo – a personagem de Ariel é uma personagem de ficção. Então, depois de tudo que foi dito, e você não consegue aceitar que a ideia de escolher a incrível, sensacional, super-talentosa e linda Halle Bailey é nada mais que uma escalação inspirada que é, porque ela ‘não se parece com o primeiro desenho’, ah, querido, tenho notícias para você… sobre você”, finalizou o comunicado, todo sarcástico. Dá uma olhada:

[anuncio]

Depois da notícia da nova Ariel, a musa Zendaya, que também era muito cotada para o papel, celebrou a escolha de Halle para interpretar a princesa nas telonas. “Yeeeeessss!! Estou muito empolgada para isso!! @chloexhalle“, escreveu a atriz em sua conta do Twitter.

Também pela rede social, a própria Halle comemorou a notícia postando uma imagem da personagem. “Um sonho realizado“, escreveu a artista. Ela também respondeu ao tuíte de Zendaya, agradecendo pela mensagem: “EU TE AMO. Obrigada“.

[anuncio]

A cantora e atriz de 19 anos começou a se apresentar com sua irmã mais velha, Chloe, como uma dupla, que ganhou o concurso “Next Big Thing” da Rádio Disney, em 2012. Já em 2013, elas gravaram um cover de “Pretty Hurts”, que chamou atenção da diva Beyoncé, o que rendeu a elas um contrato com a gravadora de Queen B, a Parkwood Entertainment.

Além de Halle Bailey, os atores Jacob Tremblay (Linguado), Awkwafina (Scuttle) e Melissa McCarthy (Ursula) estão em negociações para fazerem parte do elenco do novo filme de “A Pequena Sereia”. O roteiro é assinado por David Magee e a produção musical conta com Alan Menkel e Lin-Manuel Miranda (O Retorno de Mary Poppins).

Por enquanto, o live-action de “A Pequena Sereia” ainda não tem previsão de estreia. O que acharam da escolha?!

O post Dubladora de “A Pequena Sereia” original rebate críticas à escolha de atriz negra para protagonista do live-action: “Mais importante é contar a história” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.