Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Anitta desabafa sobre críticas de suposto playback em show no Rock in Rio, explica discurso inusitado de agradecimento e compara tratamento diferente do festival: “Entrei no palco sem conhecê-lo”

Onde tem Anitta, tem polêmica. A cantora viveu um dos momentos mais especiais de sua carreira na noite do sábado (5), ao fazer sua estreia no palco Mundo do “Rock in Rio”, de edição no Brasil. Porém, logo após o show, a estrela precisou lidar com críticas sobre um possível uso de playback na apresentação e sobre seu discurso no palco, no qual agradeceu a si mesma. Em bate-papo com o site G1, a estrela respondeu essas questões e falou sobre algumas possíveis diferenças no tratamento do festival para com os artistas internacionais e os brasileiros.

No evento, Anitta entregou um showzaço com direito a muitos hinos, trocas de figurino e palcos e muita coreografia. Mas, ainda assim, algumas pessoas preferiram especular se a cantora havia usado ou não, o recurso do playback e dublado algumas partes da apresentação. “Quando é um show que tem muita dança, muita coreografia, normalmente são gravadas vozes de apoio, sim, para as partes em que as coreografias são mais pesadas”, começou a estrela, se explicando.

[anuncio]

“Não tem como fazer uma hora dançando sem parar – como é o meu set, que só teve 5 minutos sem dança – e cantar o tempo inteiro. Em alguns momentos, temos voz de apoio e, em outros, canto solo. Faz parte do meu show. A galera que entenda”, esclareceu Anitta na entrevista. A técnica não é bem uma novidade no mundo da música, sendo usada por diversas divas pop. “A galera só gosta de falar quando é da gente daqui [do Brasil]”, lamentou.

Em um dos momentos mais emocionantes da noite, Anitta fez um discurso agradecendo o público, mas principalmente a si mesma por não ter desistido dos seus sonhos. Acreditem: Teve gente que também criticou isso. No bate-papo com o Multishow no final da apresentação, a poderosa explicou mais sobre a fala. “Eu quis agradecer a mim mesma. Estava esperando um agradecimento, então se não vem… A gente sempre está agradecendo a todo mundo, é uma coisa do artista, por ter uma equipe gigante, e a gente esquece de se agradecer e acaba não se dando o valor. Eu quis me agradecer, porque foi f*da”, desabafou.

[anuncio]

Para o canal a cabo, a artista também contou por que escolheu MC Andinho como a participação especial do show, mesmo sendo dona de feats com nomes gigantescos da música no Brasil e no mundo. “Eu queria uma relíquia do funk, e o Andinho é essa relíquia. Ele segue fazendo shows, então pode tirar proveito dessa visibilidade. Ele representa tanto o funk das antigas quanto de agora. Todo mundo vai se sentir representado”, afirmou.

Anitta passou de “artista que não se encaixava no perfil do festival”, segundo o próprio, para chegar ao palco Mundo com status de atração internacional. Mas, nos bastidores, parece que ainda havia certa diferenciação no tratamento entre brasileiros e gringos. Para se ter uma ideia, por conta de um atraso na passagem de som de um dos nomes vindos do exterior, a malandra não pôde levar sua equipe para fazer os testes necessários no local.

[anuncio]

“A gente entrou no palco sem conhecê-lo. Quando nos deram, o festival já tinha começado. Entramos no palco ainda tentando entender o espaço. Super rola diferença [de tratamento pela organização de festivais]. Mas, apesar de todos os pesares, deu tudo certo no fim. Conseguimos fazer um show muito legal. A gente se divertiu”, entregou para o G1.

O post Anitta desabafa sobre críticas de suposto playback em show no Rock in Rio, explica discurso inusitado de agradecimento e compara tratamento diferente do festival: “Entrei no palco sem conhecê-lo” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.