Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

PETA critica Justin Bieber por comprar gatos híbridos por mais de R$ 140 mil, e cantor rebate: “Vá ajudar o plástico no oceano”

Vixe! Justin Bieber se envolveu em uma nova polêmica. Desta vez, por causa dos gatinhos dele, Sushi e Tuna. O cantor criou um Instagram para mostrar a rotina dos bichos e foi criticado pelo PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético de Animais, em tradução livre) por incentivar o comércio de animais de raça.

Segundo o “The Hollywood Reporter”, Justin comprou os gatos da raça Savannah de um criador de Illinois chamado “Select Exotics” por 35 mil dólares, cerca de 143 mil reais. Os felinos são parte gato doméstico e parte serval, um animal típico das savanas.

Como essa raça é considerada “leopardo de apartamento”, ela é restrita ou proibida em vários estados dos Estados Unidos, como Colorado, Delaware, Georgia, Texas e Nova York. Entretanto, na Califórnia, onde Bieber tem casa, eles são permitidos.

[anuncio]

Apesar disso, em um comunicado feito à revista People, a vice-presidente sênior da PETA, Lisa Lange, disse que o cantor não se importa em ajudar os animais. “Baby, baby, baby, nooooo”, lamentou, fazendo uma referência ao hit do astro, ‘Baby’.

“Justin Bieber poderia inspirar seus fãs ao redor do mundo a salvar uma vida, adotando um gato de um abrigo local em vez de abastecer essa demanda perigosa por gatos híbridos, contribuindo para a crise da superpopulação e provando que, quando é em relação a ajudar os animais, a posição dele é ‘I Don’t Care'”, completou a mulher, agora em referência à parceria dele com Ed Sheeran.

[anuncio]

O cantor não demorou muito para ver as críticas e resolveu responder através de suas redes sociais. “PETA, pode engolir isso”, escreveu Justin sobre o print da matéria publicada pela People. Em seguida, o cantor postou um textão no Stories, falando sobre seus bichinhos de estimação.

Justin Bieber é criticado por PETA por comprar gatos de raça (Foto: Getty/Reprodução/Instagram)

“PETA, vá focar em problemas reais. Como caça furtiva e brutalidade animal. Você está achando ruim porque eu quero um tipo específico de gato? Você não ligou quando eu comprei meu cachorro Oscar e ele não era de resgate… todo animal de estimação precisa ser resgate?”, questionou o canadense.

[anuncio]

“Eu acredito em adotar e resgatar animais, mas também acho que há preferências e é para isso que existem criadores”, continuou explicando Justin. Por fim, ele mandou um recado para a organização: “PETA, vá ajudar com todo o plástico no oceano e deixe meus lindos gatos em paz”. Veja abaixo:

Resposta de Justin para as críticas da PETA (Foto: Reprodução/Instagram)

Bieber comprou os felinos antes de seu segundo casamento com Hailey…. Sushi no final de agosto e, então, Tuna algumas semanas depois. Os dois gatinhos já têm sua própria conta (verificada) no Instagram, com mais de 240 mil seguidores.

View this post on Instagram

Din din

A post shared by Justin (@kittysushiandtuna) on

O post PETA critica Justin Bieber por comprar gatos híbridos por mais de R$ 140 mil, e cantor rebate: “Vá ajudar o plástico no oceano” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.