Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Bella Hadid manda shade para Victoria’s Secret, após desfilar três vezes para a marca: “Nunca me senti poderosa”

Rolou um shadezinho básico? Bella Hadid é, atualmente, uma das modelos mais disputadas pelas marcas e grifes; a beldade é garota-propaganda da Dior, participa dos maiores desfiles das semanas de moda mundo afora e tem mais de 26,7 milhões de seguidores no Instagram. Porém, apesar de ter desfilado algumas vezes para a Victoria’s Secret, antes da marca de lingerie entrar em crise, Bella admitiu que nunca se sentiu “realmente sexy” nas passarelas até desfilar para a marca de Rihanna, a Savage x Fenty. Eita!

Em conversa com o filmmaker Loïc Prigent, no evento Fashion Festival da Vogue, em Paris, a irmã de Gigi revelou que desfilar para a popstar foi um grande marco em sua carreira. “Rihanna é incrível. Para mim, foi a primeira vez nas passarelas que eu me senti realmente sexy”, explicou. E acrescentou: “Porque quando eu fiz Fenty pela primeira vez, eu estava fazendo outros desfiles de lingerie, e eu nunca me senti poderosa na passarela, tipo, de roupa íntima”.

Bella de amarelo, no desfile da Fenty x Savage, e no desfile da Victoria’s Secret. (Fotos: Getty)

Bella não chegou a nomear a Victoria’s Secret, para quem desfilou três vezes — mas para bom entendedor, basta, né? Em setembro deste ano, a modelo de 23 anos cruzou as passarelas do desfile de Rihanna vestindo uma lingerie amarela. O look ainda incluía meias compridas e um véu da mesma cor. Além disso, ela usou vários acessórios dourados, como se fosse a personificação do sol. De acordo com Bella, o fato de Rihanna a permitir desfilar como ela queria a ajudou a se sentir mais poderosa e confiante.

Bella ARRASOU no desfile deste ano de Riri. (Foto: Getty)

“Eu gosto de ser outra personagem. Eu acho que, a este ponto, eu não necessariamente amo ser eu mesma de vez em quando. Às vezes, na passarela, você fica ou nervosa, ou esquece como as suas pernas se movem”, confessou.

[anuncio]

A modelo também conversou um pouco sobre sua jornada em relação à saúde mental ao longo de sua carreira. “Por um tempo, eu apenas não queria falar sobre isso, e eu passei por muitas coisas nos últimos anos com a minha saúde. Eu me sinto culpada por ser capa de viver essa vida incrível, ter as oportunidades que eu tenho, mas, de alguma forma, ainda me sentir deprimida. Não faz sentido”, Bella compartilhou.

“Eu chorava toda manhã. Eu chorava durante os intervalos para o almoço, eu chorava antes de dormir”, relembrou ao falar sobre o excesso de trabalho. “Eu estava bastante instável emocionalmente por um tempo, quando eu estava trabalhando 14 horas por dia por quatro meses seguidos, aos 18 anos de idade. Eu acho que eu apenas queria respirar um pouquinho”, acrescentou. Bella explicou que, ao compartilhar esses detalhes sobre sua vida, espera poder ajudar outras pessoas que estejam passando pela mesma situação.

[anuncio]

Os comentários da modelo vem após a notícia de que o Victoria’s Secret Fashion Show deste ano foi cancelado, graças à baixa audiência e à controvérsia com o público. No ano passado, o diretor de marketing da grife, Ed Razek, precisou de desculpar após dizer para a Vogue que modelos plus-size e trans não se enquadravam nos desfiles da marca.

Bella no Victoria’s Secret Fashion Show… sexy só na aparência? (Foto: Getty)

Os tempos mudam… e parece que até algumas modelos estão de acordo, né?

O post Bella Hadid manda shade para Victoria’s Secret, após desfilar três vezes para a marca: “Nunca me senti poderosa” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.