Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Demi Moore se abre sobre ‘vício devastador’ em Ashton Kutcher, e relembra frase traiçoeira do ator sobre alcoolismo: ‘Eu queria ser diferente’

Mais memórias vindo à tona! Cerca de um mês após o lançamento da sua autobiografia, “Inside Out”, Demi Moore voltou a tratar de aspectos polêmicos de seu relacionamento com Ashton Kutcher. Ao lado das filhas Tallulah e Rumer, no “Red Table Talk” de ontem (04), a atriz contou que se sentia codependente do então marido, numa condição quase como de um “vício”.

Para a estrela de “Ghost”, essa “codependência” teria sido bastante agressiva. “Meu vício no Ashton era provavelmente mais devastador. Isso realmente me sugou emocionalmente”, explicou ela. Não bastasse sua própria percepção, até mesmo Tallulah sentiu os efeitos dessa relação entre Moore e seu amado.

Segundo Demi Moore, ela era “viciada” em Ashton Kutcher (Foto: Getty)

[anuncio]

Na época, a garota era a única a morar com Demi e Ashton, período em que se sentiu muito deixada de lado. “Eu desenvolvi e nutri uma narrativa em que ela não me amava. Eu acreditava nisso de verdade”, recordou Tallulah. “E eu sei que ela ama. 100 por cento. Mas naquele momento, você está machucada. E você não consegue entender que alguém que ama você, faria aquilo contigo. E que escolheria mais os outros do que você”, explicou.

A luta contra o álcool também foi um ponto difícil para Moore. A estrela acredita que o problema tenha lhe assombrado novamente por conta da influência de Kutcher. “Então, nós fomos nessa viagem e o Ashton disse, ‘Eu não sei se o alcoolismo é uma coisa real, eu acho que é tudo sobre moderação’. Se eu tivesse ficado perto para trabalhar meu programa… Eu vivi a maior parte da minha vida adulta sóbria. Eu era legal sóbria”, lembrou ela.

[anuncio]

“Eu fiz minha própria história de que ele queria alguém com quem ele pudesse tomar um vinho. Ele não foi a causa pela qual eu abri aquela porta. Eu queria ser algo diferente do que eu sou. Foi literalmente como se eu tivesse dado meu poder embora”, continuou.

Demi Moore e as filhas, Rumer e Tallulah, no “Red Table Talk”, com Jada Pinkett-Smith e sua família. (Foto: Divulgação/Facebook)

As filhas da diva, por sua vez, perceberam bem os efeitos do abuso do álcool e das drogas por parte de Demi. No bate-papo, elas se lembraram de ocasiões nas quais a atriz não parecia a mesma, deixando um lado sombrio exposto. “Era como se o sol tivesse se posto, e um monstro tivesse chegado”, apontou Tallulah. Para Rumer, o sentimento também não era diferente: “Era irritante”.

[anuncio]

Assista ao programa na íntegra aqui:

O post Demi Moore se abre sobre ‘vício devastador’ em Ashton Kutcher, e relembra frase traiçoeira do ator sobre alcoolismo: ‘Eu queria ser diferente’ apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.