Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Emma Watson fala sobre ser solteira e estar próxima aos 30 anos: ‘estou muito feliz’

Quer mais resolvida que ela, @? A entrevista da Emma Watson para a edição de dezembro da Vogue britânica foi recheada de dicas e muita sabedoria compartilhada da atriz. Sendo uma das mulheres mais reconhecidas do universo e atuar desde os nove anos de idade, a musa contou como está a ansiedade com a chegada dos 30 anos, carreira, ativismo e feminismo, e sobre a sua solteirice.

Emma Watson é uma das atrizes mais lucrativas do mundo e ao longos dos anos, se envolveu em muitos atos ativistas, principalmente quando o assunto é igualdade no mundo das mulheres. No trabalho, a atriz assume papéis em que possa se identificar, e nada mais justo voltar às telonas como Margaret “Meg” March na adaptação de Greta Gerwig de Little Women de Louisa May Alcott.

Com a personagem Meg reforçamos a ideia de que ser feminista é fazer escolhas – porque é isso, para mim, o que é o feminismo“, disse Emma. Aliás, ela irá misturar todos os seus grandes amores: literatura, filmes e explorando o universo feminino.

Entrevista de Emma Watson: atriz fala sobre chegada aos 30 anos 

Como uma boa ariana que é, Emma Watson fará 30 anos em abril de 2020 e disse como está a ansiedade para essa idade. “Eu fiquei tipo:‘ Por que todo mundo faz tanto barulho por fazer 30 anos? Isso não é grande coisa … ‘”, disse.

Emma também falou sobre a pressão que a sociedade faz em torno do amadurecimento das mulheres. “Corta para 29, e eu fico tipo, ‘Oh meu Deus, eu me sinto tão estressada e ansiosa. E percebo que é porque de repente existe um fluxo sangrento de mensagens subliminares por aí. Se você não construiu uma casa, se não tem marido, se não tem um bebê e está completando 30 anos e não está em um lugar incrivelmente seguro e estável em sua carreira, ou está ainda tentando descobrir as coisas … Há uma quantidade incrível de ansiedade. ”

E sobre a solteirice? Emma não se importa e ainda rebate:  “Nunca acreditei no discurso de ‘sou feliz solteira‘”, continua ela. “Demorei muito tempo, mas estou muito feliz [por estar solteira]. Eu chamo isso de auto-parceria”.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.