Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

“Grey’s Anatomy”: Último episódio de 2019 tem reviravoltas inesperadas, tragédias chocantes e ‘gancho’ tenso; veja resumo

Pode preparar o coração porque a midseason finale de Grey’s Anatomy foi uma verdadeira montanha russa de emoções! O episódio 9 da 16ª temporada, intitulado ironicamente “Let’s All Go to the Bar” (‘Vamos Todos para o Bar’, em português), foi ao ar na noite dessa quinta-feira (21) e trouxe várias reviravoltas na história, com algumas tragédias bem chocantes no meio de tudo.

[ALERTA DE SPOILERS]

Após oito episódios afastada, Meredith Grey (Ellen Pompeo) finalmente retornou ao Grey Sloan Memorial com muitas comemorações e com direito a uma interação de aquecer o coração com a Dr. Cristina Yang (Sandra Oh), através de mensagens. Yang mandou um “pacote especial” para parabenizar a amiga.

Meredith passou o episódio inteiro procurando o tal ‘presente’ até perceber, no final, que Cristina se referia ao chefe de cirurgia pediatra, Dr. Hayes (Richard Flood). Ele perdeu a esposa para uma doença e os espectadores já puderam perceber uma possível química entre os dois personagens.

[anuncio]

Entretanto, as tragédias começaram logo no episódio. Enquanto estava com uma paciente, Miranda Bailey (Chandra Wilson), que teve a gravidez revelada no episódio 4, começou a sangrar. Antes de seu marido, Ben (Jason Winston George), chegar ao hospital, ela sofreu um aborto espontâneo.

O episódio ainda contou com mais um momento inesperado envolvendo gravidez. Quando Amelia (Caterina Scorsone) foi fazer seu ultrassom rotineiro, ela descobriu que estava com 24 semanas de gestação, não 20, como pensava. Isso significa que provavelmente Owen (Kevin McKidd) é o pai do bebê ao invés de Link (Chris Carmack). “Não, isso não é possível porque significaria… Ai, Deus”, chocou-se a médica quando percebeu.

[anuncio]

Outro caso tenso envolveu Maggie Pierce (Kelly McCleary), que ainda estava lidando com a perda da prima, Sabi. Ela deveria realizar uma troca de válvula em um pai de um recém-nascido, mas teve crises de ansiedade durante o procedimento, que terminou com o coração do homem sem voltar a bater, deixando os espectadores em dúvida se ele sobreviveu ou não.

Apesar de não saber se o paciente voltaria a viver, Maggie pediu demissão imediata do cargo. “Eu tenho um sentimento ruim. Eu deveria ter confiado em mim mesma. Eu não posso ser uma cirurgiã se não consigo confiar nos meus instintos”, disse ela ao revelar sua decisão a Tom Koracick (Greg Germann).

Maggie teve dificuldades durante o procedimento (Foto: Reprodução/ABC)

Enquanto isso, Jo passou algum tempo em “Station 19”, trabalhando como voluntária em um refúgio. Ela então recebeu uma ligação dizendo que um bebê havia sido deixado na estação e, inspirada na própria história de vida, acabou levando a criança pra casa.

[anuncio]

Por fim, bem no estilo “Grey’s Anatomy”, a série acabou com um ‘gancho’ daqueles. Após saber da notícia que a esposa havia perdido o bebê, Ben foi para um bar com o Capitão Herrera (Miguel Sandoval), de “Station 19″. Enquanto os dois conversavam, um carro atravessou o teto, derrubando escombros em todos que estavam no local.

“Let’s All Go to the Bar” (entenderam porque dissemos que era irônico?) acabou com a dúvida sobre o destino de todos os personagens que estavam no bar e sobre quem poderia ser o motorista do carro. Confira abaixo as últimas cenas do capítulo:

[anuncio]

O episódio 10 voltará em 23 de janeiro e será um crossover especial entre “Grey’s Anatomy” e “Station 19”, provavelmente lidando com as consequências do acidente no bar. Assista à prévia:

O post “Grey’s Anatomy”: Último episódio de 2019 tem reviravoltas inesperadas, tragédias chocantes e ‘gancho’ tenso; veja resumo apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.