Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Mulher faz pedido de pizza para salvar mãe de abuso e violência doméstica; entenda o caso

Daquelas histórias que dão um alívio no coração ao ler! Uma mulher de Oregon, nos Estados Unidos, conseguiu denunciar o abusador da mãe após ligar para a emergência… e pedir pizza!

A história aconteceu no dia 13 de novembro e foi reportada pelo site “Toledo Blade”. Quem atendeu a ligação foi o expedidor Tim Teneyck, que não demorou muito para perceber que havia algo errado.

A publicação conseguiu a gravação da ligação com o 911 norte-americano. Quando Teneyck atende e pergunta “qual sua emergência”, a mulher diz que está tentando pedir uma pizza e já fornece o endereço de seu apartamento.

[anuncio]

Primeiramente, o expedidor se surpreende: “Você ligou para o 911 para pedir uma pizza?”, questiona duas vezes. “Não, não, não, você não está entendendo”, responde a mulher em seguida. É isso que faz ele perceber a situação de perigo. “Eu estou entendendo agora. O outro cara ainda está aí?”, pergunta.

“Sim, eu preciso de uma pizza grande”, explica ela. Tim Teneyck pergunta se ela pode ficar na linha ao que ela responde negativamente. Antes da ligação acabar, entretanto, ele avisa que a ajuda já está a caminho.

Transcrição da ligação (Foto: Reprodução/WTGV)

Segundo o “Blade”, Tim orientou os policiais a responderem o chamado ao apartamento sem luzes ou sirenes para não afugentarem o suspeito. A tática deu certo e os oficiais prenderam Simon Lopez, de 56 anos. Ele já era acusado de violência doméstica e estava sendo procurado pela polícia por não aparecer para dar depoimento.

[anuncio]

O chefe de polícia de Oregon, Michael Navarre, disse que estava “extremamente orgulhoso” de como Teneyck lidou com a situação. “Ele atendeu uma mulher que estava em uma situação de estresse, mas em uma posição em que não podia falar diretamente. Então, ele foi capaz de fazer todas as perguntas certas sem prejudicá-la”, disse Navarre, que pretende usar a tática nos treinamentos de agora em diante.

A vítima, mãe da mulher que ligou para a emergência, contou à polícia que o abusador chegou em casa bêbado e começou a discutir com ela. Ela disse que Simon deu um soco de punho fechado em seu braço direito e a empurrou com força contra uma parede. Ela o descreveu como “desordenado, barulhento, fisicamente e verbalmente abusivo”.

Simon Lopez negou as acusações, mas uma ordem de proteção temporária foi concedida e ele continua na prisão com uma fiança de 50 mil dólares, de acordo com a publicação.

[anuncio]

O expedidor, Tim Teneyck, disse que está acostumado com ligações acidentais – até para pedir pizza ou reclamar de um pedido errado de uma rede de fast-food, mas alguma coisa na voz da mulher fez ele perceber que havia algo de estranho dessa vez.

Tim Teneyck em entrevista (Foto: Reprodução/WTGV)

Teneyck, entretanto, disse que se preocupa que o uso frequente dessa tática pizza possa começar a alertar os abusadores, então recomenda que a vítima simplesmente faça uma ligação e deixe o telefone ao lado em uma posição em que eles possam escutar o que está acontecendo e tentar ajudar. “Se você conseguir, nunca desligue o telefone”, orientou. Aqui no Brasil, as denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas através do número 180!

O post Mulher faz pedido de pizza para salvar mãe de abuso e violência doméstica; entenda o caso apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.