Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Reeducação alimentar é a única maneira de ter um emagrecimento duradouro, diz nutricionista

Muitas pessoas ainda associam a reeducação alimentar a uma dieta muito restritiva, que inclui cortar calorias, eliminar alimentos e adotar mudanças radicais de hábitos. Mas não é nada disso! Reeducação alimentar envolve reaprender a comer com consciência e saúde para que você mantenha o peso e ganhe qualidade de vida. 

“Pensando em longo prazo, a reeducação alimentar é, com certeza, a única maneira de perder peso e ter um resultado duradouro. Dietas muito restritivas fazem com que a pessoa emagreça naquele momento mas, depois que o período de restrição passar, é comum que engorde novamente”, conta Juliana Belmont, nutricionista da Clínica NutriCilla. 

Veja a seguir algumas dicas para ser bem-sucedida em um processo de reeducação alimentar! 

Abandone os antigos hábitos 

Muitos hábitos de pessoas já adultas derivam da alimentação que tinham na infância – e, por serem tão antigos, são difíceis de serem abandonados. Esse é um dos maiores motivos para que alguns indivíduos tenham dificuldade de mudar a maneira como se alimentam. 

Mais da metade dos adolescentes brasileiros têm alimentação errada

“A educação nutricional começa na infância. Então, se houve uma grande ingestão de alimentos refinados, açúcares, embutidos etc, provavelmente os hábitos alimentares vão ser os mesmos na vida adulta”, explica a especialista.

Dica de dieta para engordar

Hábitos da infância são difíceis de serem abandonados, mas é preciso mudar a maneira como você se alimenta. Foto: iStock

Segundo ela, o principal foco de uma reeducação alimentar é justamente melhorar a relação da pessoa com a comida para tornar essa transição mais fácil, mostrando que existem alimentos saudáveis, mas que são gostosos também.

Coma de três em três horas

Na reeducação alimentar é indicado comer de três em três horas para que o organismo entenda que tem energia para gastar. “Quando a pessoa passa muito tempo sem se alimentar, o corpo entende que está passando por uma situação restritiva e não sabe em quanto tempo irá se alimentar de novo”, conta.

E ela complementa: “Como consequência, acaba estocando energia para o futuro – e faz isso justamente em forma de gordura”, orienta Juliana. “Podemos estender o jejum para, no máximo, 3 a 5 horas”.

Pratique atividade física 

Outra maneira de acelerar a perda de peso aliado à reeducação alimentar é praticando atividade física, principalmente a aeróbica, que ajuda na circulação do sangue e aumenta a queima calórica. Quanto mais músculos temos, maior o nosso gasto energético basal – a quantidade de energia usada pelo organismo para manter as funções vitais. Mas lembre-se de que é essencial se alimentar antes do treino! 

Beba água 

É fundamental, durante o processo de reeducação alimentar, ingerir bastante água durante o dia. Além de hidratar o corpo, isso evita enjoos ou mal-estar. “A água é essencial para o funcionamento do nosso organismo. Devemos sempre pensar que precisamos de pelo menos 3 litros por dia. Por isso, sempre deixe uma garrafa perto de você, seja em casa, no trabalho, na rua ou na academia”, aconselha a nutricionista. 

Conheça os tipos de pão mais saudáveis para manter na dieta

Consulte um nutricionista

A reeducação alimentar é feita com base no biotipo de cada pessoa, por isso não é aconselhado que você siga a alimentação de outra pessoa. Por isso, é importante consultar um nutricionista, pois ele poderá recomendar exames específicos antes de você mudar o cardápio – e lhe fornecer um plano alimentar individualizado. 

O post Reeducação alimentar é a única maneira de ter um emagrecimento duradouro, diz nutricionista apareceu primeiro em Fortíssima.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.