Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Maneiras de ensinar ao seu filho sobre solidariedade

O fim do ano é uma época muito especial. Além de toda a união familiar, das festas típicas de Natal e Ano Novo e da troca de presentes, também é tempo de exercer gratidão, amor e solidariedade.

Principalmente no quesito solidariedade, que permeia todos os outros sentimentos, a função dos pais – e de quaisquer outros adultos – é dar às crianças o ensinamento necessário para que tenham a oportunidades de praticar o valor da solidariedade e, assim, transformar o mundo em um lugar melhor.

No caso das crianças, a solidariedade pode ser exercida ao escolherem um brinquedo ou roupinha que não usem mais, mas que estejam em bom estado, para darem a outra criança. E como o final do ano é um tempo de muitos presentes e troca de afeto, a época se torna perfeita para ensinar esses valores aos pequenos.

A principal maneira de ensiná-los é por meio do seu próprio exemplo. Lembre-se de que os pais são os exemplos máximos dos filhos. Então, seja solidário e explique ao seu filho qual a sua intenção em cada ação.

Diga a ele que isso deve ser uma prática rotineira em nossas vidas, pois ninguém é capaz de viver sozinho. Precisamos ajudar os outros para que sejamos ajudados quando precisarmos também.

Além disso, tenha o costume de separar, junto da criança, tudo o que ela não usa mais, entre roupas, brinquedos, livros e demais acessórios infantis. Explique que tudo aquilo pode fazer outro pequeno feliz. Então, pergunte se ele tem interesse em trazer felicidade para a vida de outra criança. Respeite o momento do seu filho, talvez ele não aceite de primeira, mas é importante que ele seja consciente desse ato.

Aproveite o final do ano para preparar com o seu filho cartões de Natal. Distribua-os para pessoas carentes, como moradores de rua, crianças que vivem em orfanatos e idosos em casas de repouso. Os cartões podem ter mensagens simples, como “Feliz Natal” ou um desenho do seu pequeno, por exemplo.

 Pequenos gestos fazem a diferença! 

Caso o seu filho já seja maior, ou até mesmo pré-adolescente ou adolescente, incentive-o a visitar asilos, hospitais e orfanatos. Caso ele não possa ou ainda não queira doar nada, ele pode doar o tempo dele brincando e conversando com os outros. De repente, ele também pode organizar uma campanha do agasalho ou de brinquedos entre os amigos, por exemplo.

Ser solidário é um ato de amor!

O post Maneiras de ensinar ao seu filho sobre solidariedade apareceu primeiro em It Mãe.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.