Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

The Witcher: Ficou confuso? Entenda como funciona a “Lei da Surpresa” e por que os destinos de Geralt e Ciri estão entrelaçados!

[ALERTA DE SPOILERS!] Às vezes, “The Witcher” pode ficar bem confusa para pessoas que não estão familiarizadas com os livros e o vídeo game nos quais a série foi inspirada. Porém, não se preocupe! Nós estamos aqui para explicar como funciona a “Lei da Surpresa”, parte extremamente importante da narrativa!

O quarto episódio da saga, intitulado “Banquetes, Bastardos e Funerais”, conta a história da princesa Pavetta (Gaia Mondadori), filha da rainha Calanthe (Jodhi May). A linha do tempo de “The Witcher” pode se embaralhar de vez em quando, por isso, é bom lembrar que a filha de Pavetta, princesa Ciri (Freya Allan), não está viva neste ponto da trama, e o único foco do “bruxão parrudo” Geralt de Rivia (Henry Cavill) é caçar monstros ao lado de seu fiel companheiro, o bardo Jaskier.

A rainha Calanthe tem grandes planos para a filha e deseja oferecer a mão dela em casamento para aquele que for o melhor pretendente disponível. No entanto, um cavalheiro chamado Duny (Bart Edwards) — amaldiçoado com uma cabeça de ouriço — chega para reivindicar Pavetta como sua noiva, e ele invoca algo chamado  “Lei da Surpresa” para isso.

Princesa Pavetta (Foto: Reprodução/Netflix)

E o que é a Lei da Surpresa? De acordo com o site Vulture, é um conceito antigo dentro do mundo de “The Witcher”, que possui raízes na mitologia eslava e polonesa — muito recorrentes nos livros de Andrzej Sapokowski. A lei é “relativamente” simples: ao cumprir uma grande ação, como salvar a vida de alguém, a pessoa que fez o ato pode reivindicar algo que aquela que ficou em dívida ainda não possui. Duny, o cavalheiro ouriço, tinha salvado a vida do rei Roegner anos antes. “Por tradição, eu escolho a Lei da Surpresa como pagamento”, ele explica no episódio, dizendo que a sorte do rei será a sua — no caso, a filha dele, Pavetta.

[anuncio]

A mãe de Pavetta, Calanthe, não se importa com leis antigas, e ordena que seus homens matem Duny durante o banquete. No entanto, a Lei da Surpresa triunfa — com a ajuda de Geralt e mais alguns homens, que correm para a batalha para defender Duny — e reescreve o destino de todos os envolvidos. O medo de mexer com o destino é o maior poder da lei; por isso, ela é tão respeitada. Como um personagem chamado Eist diz: “É uma aposta honesta, tão provável de ser recompensada com uma colheita abundante, quanto com um filhote recém-nascido. Ou um filho de surpresa. Ele não sabia. O destino determinou que a surpresa seja Pavetta”.

Henry Cavill em “The Witcher” (Foto: Reprodução/Netflix)

Na história, é revelado que Duny e Pavetta se apaixonaram e desenvolveram um relacionamento meses antes, sem saber que ela era a “recompensa” dele. A Lei da Surpresa foi usada apenas para driblar a rainha e oficializar o casamento. Quando Calanthe finalmente concorda com a união, Duny se livra da maldição do ouriço e volta a ser um homem normal.

[anuncio]

É aí que Geralt entra novamente na história. Mais tarde no episódio, ele sugere quase brincando que deveria ser recompensado por salvar a vida de Duny com a Lei da Surpresa — no entanto, ele não sabe que naquele momento, Pavetta já está grávida com a filha de Duny. Como Geralt evocou a lei, significa que a bebê do casal, Ciri, é devida a ele como uma “filha da surpresa”.

Princesa Ciri. (Foto: Divulgação/Netflix)

Apesar de Geralt recusar receber Ciri como pagamento, a lei acaba unindo o destino dos dois no futuro. Eles se conhecem no episódio final da série — e a gente mal pode esperar para ver o que acontece na segunda temporada!

O post The Witcher: Ficou confuso? Entenda como funciona a “Lei da Surpresa” e por que os destinos de Geralt e Ciri estão entrelaçados! apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.