Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Lubrificante no sexo: especialista tira 8 dúvidas sobre a prática

Muitas mulheres sofrem com a falta de lubrificação na vagina, e o lubrificante no sexo pode ajudar a amenizar o desconforto durante a penetração. Além disso, lubrificantes íntimos são ideias para a prática do sexo anal e também podem deixar o sexo ainda mais prazeroso para o casal.

Estudos feitos a respeito dos benefícios do lubrificante afirmam que seu uso aumenta a excitação da mulher e faz com que a penetração do pênis no canal vaginal seja mais suave e evita fissuras e machucados.

Para tirar todas as dúvidas sobre lubrificantes no sexo, conversamos com Tatiana Tognolli Bovolini, psicóloga e especialista em sexualidade, que aponta alguns cuidados e conta quais são as melhores opções no mercado. Veja o papo: 

Fortíssima: Existe alguma contraindicação para usar o lubrificante no sexo?

Tatiana Tognolli Bovolini: Sim, existe! Compreendendo que a região vaginal é muito delicada em toda sua composição e formato, a mesma é suscetível à alergia quando utilizados produtos de baixa qualidade e sem um controle de produção rigoroso. Por isso, não caia em tentação com produtos “baratinhos” comumente comercializados em alguns sex shops – invista em você! Leia os rótulos, saiba o que de fato você está utilizando no seu corpo, busque produtos hipoalergênicos, a base de água e sempre testados por ginecologistas.

Lubrificantes realmente podem deixar o sexo mais prazeroso para o casal?

Sem dúvidas a lubrificação é essencial para um sexo mais prazeroso! A falta de lubrificação causa dor e machuca tanto a mulher quanto o homem na hora da penetração e sexo com dor geralmente não é legal e diminui significativamente a qualidade sexual. A lubrificação nada mais é do que a resposta do organismo ao desejo, ou seja, quanto mais desejo mais lubrificação a mulher terá como resposta do organismo. 

Desta forma, para garantir uma boa lubrificação a mulher deve investir em preliminares que a satisfaçam, manter as fantasias sexuais sempre vivas e ativas e libertar-se de tabus sexuais para que possa fluir com naturalidade o ato sexual em sua completude.

Diversos fatores causam a falta de lubrificação feminina

Eles ajudam a aumentar a excitação do canal vaginal?

A lubrificação auxilia a penetração, ou seja, feita para acoplar o pênis na vagina. Nesta ótica o que mantém a excitação é o desejo da mulher e não a lubrificação. Podem existir no mercado erótico alguns géis que prometem aumentar o desejo e consequentemente a lubrificação, mas a lubrificação por si só não aumenta a excitação e, sim, aumenta o conforto vaginal para a entrada do pênis.

Lubrificante facilita a penetração e aumenta a excitação da mulher durante a relação sexual. Foto: iStock

Lubrificantes podem ser usados por mulheres que têm pouca lubrificação natural?

Sim, principalmente os sem componentes hormonais e feitos à base de água podem ser utilizados quando a mulher não tem lubrificação natural efetiva e/ou está passando por dificuldades sexuais relacionadas ao desejo, em que a lubrificação não responda de acordo. As causas mais comuns para a falta de lubrificação íntima na mulher são: uso de anticoncepcionais, corrimento vaginal, estresse, algumas classes de medicamentos como antialérgicos e oncológicos, além da menopausa.

Há diferença entre lubrificantes e gel sensual?

O gel sensual é um produto erótico pode ser utilizado para fazer aquela preliminar mais caprichada e sensual já que ele pode ser utilizado em massagens, sendo que alguns dão a sensação de quente e/ou frio além de serem na sua grande maioria saborizados e com aromas que mexem diretamente com a libido, além de serem comestíveis o que pode incrementar muito mais a preliminar e esquentar a relação.

Já os lubrificantes é um gel íntimo testado dermatologicamente e ginecologicamente, hipoalergênicos em sua grande maioria e que pode ser utilizado por mulheres que não produzem lubrificação suficiente como já pontuado acima.

O produto pode causar algum tipo de alergia nos órgãos sexuais?

Sim, como pontuado anteriormente a vagina é uma área muito sensível e vulnerável a diversos fatores que vão desde estresse emocional ao tecido de fabricação da roupa íntima utilizado pela mulher. Assim, quando utilizar o produto e perceber uma irritabilidade, odor e coceira na parte íntima após o uso procure um ginecologista para tratamento e melhor indicação de produto a ser utilizado. Temos uma vantagem que o mercado hoje disponibiliza uma diversidade de lubrificantes para todos os bolsos e necessidades então vamos atrás do melhor para o nosso corpo.

Veja como estimular lubrificação e tornar o sexo mais prazeroso

Ele pode evitar o rompimento da camisinha?

Dependendo do lubrificante utilizado sim, já que a lubrificação do preservativo pode não ser tão intensa a ponto de manter um atrito considerável para romper o mesmo. O recomendável para usar com preservativos são os lubrificantes a base de água e/ou a base de silicone sendo estes dois não reagentes ao látex do preservativo, oferecendo maior segurança durante o sexo. Porém, o produzido a base de silicone é mais denso e sua limpeza é mais complicada podendo manchar roupas íntimas e roupas de cama.

É essencial usar lubrificante para praticar sexo anal?
Com certeza seu uso no sexo anal é indispensável! Praticamente um fator de sobrevivência neste tipo de prática, pois a região anal não tem capacidade de produzir uma lubrificação natural como a vagina possui e isso atrapalha muito a penetração vulgo “a seco” nesta região o que pode causar fissuras, sangramentos, dor, aparecimento de hemorroidas, entre outras questões. 

 

O post Lubrificante no sexo: especialista tira 8 dúvidas sobre a prática apareceu primeiro em Fortíssima.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.