Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Absurdo! Homem ataca cinegrafista de afiliada da TV Globo, causa fratura na mão do profissional, e é detido em flagrante; assista!

Atitude deplorável! Nesta quarta-feira (20), o cinegrafista Robson Panzera, da TV Integração, afiliada da TV Globo, foi alvo de agressões verbais e físicas enquanto fazia seu trabalho. Em um vídeo que circula pelas redes sociais, um homem toma o tripé do repórter e aparece desferindo golpes nele com o equipamento de filmagem.

Panzera filmava a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) em Barbacena (MG), para uma reportagem sobre militares com a Covid-19. Foi então que o homem, identificado pela Polícia como Leonardo Rivelli, se revoltou e começou a agredir o cinegrafista.

Nas imagens, registradas pela repórter Thais Fullin, é possível ver o agressor (que aparece de vermelho) trocando socos e batendo no cameraman com o tripé, deixando-o com a mão fraturada. Assista:

Após o episódio, Thais detalhou a ocorrência ao colunista da Época, Guilherme Amado. “O agressor passou de carro xingando e filmando o cinegrafista. Até estamos acostumados com os xingamentos, infelizmente. Mas em seguida ele desceu do carro e começou a briga. Ele bateu com o tripé no dedo do cinegrafista, chutou a câmera no chão, e foi embora, antes da chegada da polícia”, narrou a jornalista.

[anuncio]

Na sequência, Rivelli foi preso em flagrante pela Polícia. “Depois, [o agressor] passou de carro novamente pelo local e o indicamos para os policiais. Ele foi detido e tentou justificar as agressões, dizendo: ‘Agredi mesmo'”, recordou Fulli. Enquanto isso, Panzera foi levado ao Hospital Regional de Barbacena, e recebeu atendimento após ter fraturado sua mão com os ataques.

Sonegação de impostos

Após a prisão de Rivelli, o Buzzfeed News revelou que o empresário também é réu em um processo por sonegação de impostos. Segundo a reportagem, ele responde a acusação penal por burlar o pagamento de ICMS, de quando era sócio de uma empresa de produtos alimentícios. O Ministério Publico de Minas Gerais passou a investigá-lo em 2013, oferecendo a denúncia à Justiça três anos depois, em dezembro de 2016.

[anuncio]

Em nota ao site, a empresa divulgou um comunicado informando que o agressor não era sócio “há mais de dez anos”. Além disso, a companhia repudiou a agressão ao cinegrafista, e reafirmou a defesa da “importância da liberdade de expressão e de imprensa para um verdadeiro e melhor Estado Democrático de Direito”. O processo, no entanto, ainda não foi concluído. A equipe de reportagem tentou, mas não conseguiu contatar o advogado de Rivelli nesse processo.

Violações à liberdade de imprensa

Há apenas três dias, no último domingo (17), a repórter Clarissa Oliveira, da BandNews, tornou-se mais uma entre o crescente número de vítimas de violações à liberdade de imprensa no Brasil. Enquanto cobria uma manifestação a favor de Jair Bolsonaro, a repórter foi agredida e levou uma ‘bandeirada’ em frente ao Palácio do Planalto.

Clarissa Oliveira, da BandNews também foi agredida no último domingo. (Fotos: Reprodução/BandNews TV)

Clarissa e Panzera representam uma realidade assustadora no nosso país. Um recente levantamento da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) e da rede latino-americana Voces del Sur, registrou ao menos 24 violações à liberdade de imprensa no Brasil só entre os dias 1º de março e 21 de abril. Esses fatos e dados geraram revolta pelas redes sociais, assim como as imagens. Confira algumas das reações:

[anuncio]

Não é possível que exista Democracia em um país que desrespeita a imprensa… Por isso, torcemos para que esse tipo de absurdo pare de uma vez por todas. Deixamos também nossa solidariedade aos colegas jornalistas.

O post Absurdo! Homem ataca cinegrafista de afiliada da TV Globo, causa fratura na mão do profissional, e é detido em flagrante; assista! apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.