Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Fetiches: O que você não sabia a respeito

Muito se fala sobre fetiches hoje em dia, mas você realmente sabe o que é isso ou do que se trata? Essa prática, também conhecida como fetichismo, pode ser designada como desejo muito grande sobre uma situação, objeto ou parte do corpo, ou seja, é uma manifestação sexual muito comum e normalmente aparece logo na iniciação sexual.

O fetiche é uma atração, então pode acontecer por tudo aquilo que você sente desejo, não precisa ser apenas por algo específico. Isso quer dizer que é algo normal do que muita gente pensa, e uma pessoa pode ter mais que uma atração específica. Não tenha medo de expressar o seu fetiche e aproveitar esses estímulos.

Tipos de fetiches mais comuns

O fetiche é algo muito particular, então pode, e vai, variar muito de pessoa para pessoa. Todavia, existem alguns que são bem comuns e que são motivos de curiosidades entre os adoradores do fetichismo. Veja abaixo alguns fetiches mais conhecidos e aproveite para se conhecer ainda mais no sexo:

Macrofilia: o desejo por gigantes

A macrofilia se trata do desejo por pessoas altas e por muito tempo, ficou associada a um fetiche masculino. Isso se dava ao fato de ser mais popular entre os homens heterossexuais, dentro de uma fantasia em que as mulheres eram muito grandes. Os “macrófilos”, normalmente possuem fascinação pela submissão, o que acaba sendo a parte de maior prazer. 

Cisvestismo: a popular fantasia sexual! 

O cisvestismo é a atração por fantasias sexuais, como uniformes de bombeiros, médicos, policiais, empregadas, etc. Esse é um dos fetiches mais comuns que existem e trabalha muito o lado imaginário, que acaba preparando um clímax mais prazeroso.

Vale ressaltar que, quando este ou qualquer outro fetiche se tornar algo muito obsessivo, é necessário procurar ajuda, já que pode acabar trazendo problemas para o dia a dia. Caso contrário, a aventura é livre para todos, sem tabus ou preconceitos!

Estigmatofilia: quanto mais piercing e tatuagem, melhor!

A estigmatofilia é o fetiche por piercings, tatuagens  e modificações corporais como um todo. Cada vez mais se tornando uma tendência, esse fetichismo é considerado super fácil de ser realizado hoje em dia e não tem um público nichado, como há alguns anos. Então, se você sente atração sexual por pessoas tatuadas, não precisa sentir vergonha, é um fetiche comum. Inclusive, muita gente passou a adotar este visual com as bandas de rock da década de 1980. Não há motivo para esconder o desejo!

Podolatria: para quem gosta de pés

A podolatria é o fetiche por pés, em sua maioria, pela sola, arcos ou as unhas do membro. Dentro disso, algumas pessoas têm mais prazer pelos pés descalços e com suor. Mas, também existem casos onde o prazer está no uso do sapato e da meia. Dentro do erotismo, a podolatria e todos os outros desejos citados, podem ajudar a explorar o ato sexual, trazendo mais prazer e liberdade.

Vale lembrar que o fetichismo não é destinado a um único público. Todo mundo pode praticar, desde que seja feito com consentimento.

Por que algumas pessoas têm fetiches?

Não há um motivo concreto do porque as pessoas possuem fetiches, já que se trata de estímulos do nosso cérebro. Este desejo ainda pode se desenvolver por diversos motivos e em diferentes idades. Em alguns casos, por exemplo, se desenvolve ainda na infância.

Quando se trata de fetiches muita coisa pode influenciar e variar, já que cada indivíduo tem sua própria peculiaridade. O que deve ser comum, em todos os casos é a vontade mútua de todos os praticantes!

O fetiche é algo normal e que pode ser cultivado e compreendido por cada um, é extremamente importante não esconder isso ou ter algum tipo de vergonha, mantenha sempre a comunicação com quem está com você e mostre seus interesses, não precisa esconder algo que é normal de todo ser humano. E você, quais são os tipos de fetiches que possui? Conte para nós.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.