Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Adriana Araújo deixa o “Jornal da Record” após 14 anos, e emissora anuncia nova apresentadora — saiba os detalhes

Mudanças à vista no jornalismo da Record TV! Após o anúncio da contratação de Carolina Ferraz para o comando do “Domingo Espetacular”, a emissora anunciou que a jornalista Adriana Araújo deixará a bancada do “Jornal da Record”, sendo substituída por Christina Lemos. Rumores dos bastidores relatam que a âncora do telejornal estaria insatisfeita com a linha editorial do programa.

Adriana foi contratada em 2006 para assumir a apresentação do noticiário do canal, e agora assumirá um novo desafio dentro da programação. No próximo mês, ela estreará a nova temporada do “Repórter Record Investigação” nas noites de quinta-feira, às 22h30. Em seu Instagram, Araújo publicou uma foto para agradecer a passagem pelo “Jornal da Record”. “Hoje só tenho uma palavra a dizer pra fechar um ciclo de 14 anos: obrigada! Muito obrigada, sempre!”, começou.

[anuncio]

“Levo comigo memórias de momentos que marcaram a minha carreira, o respeito e a torcida que recebi de tanta gente, amigos da redação e do público. E a certeza que ofereci o melhor que havia em mim: trabalho e verdade. Christina Lemos é uma jornalista de grande talento, com quem já dividi vários plantões. Chris, te desejo muito sucesso e o melhor é que você sabe que digo isso de coração. A todos que se preocupam comigo, fiquem tranquilos. Estou bem e serena. Que bons ventos me levem…”, publicou.

A saída de Adriana Araújo ocorre justamente no período em que se especula rumores sobre sua insatisfação com a linha editorial do telejornal. De acordo com o site Notícias da TV, logo após a edição do programa no dia 21 de abril, a jornalista protagonizou uma crise de choro. Coincidentemente, a apresentadora recebeu 30 dias de férias no dia seguinte, e foi substituída por Janine Borba.

[anuncio]

Na época, a publicação apurou que o choro teria dois motivos. O primeiro seria que Adriana estava insatisfeita “por estar emprestando sua imagem a um telejornal governista”. Inclusive, na fatídica edição, o noticiário privilegiou matérias que mostravam os esforços e preparativos de algumas cidades na reabertura do comércio durante a quarentena. Fontes disseram ao “NTV” que uma outra reportagem, sobre o caos no sistema de saúde em Manaus, não foi exibida por decisão da direção. A segunda razão seria por conta de questões pessoais.

No dia 25 de abril, Adriana Araújo veio a público confirmar que chorou, sim, após a edição do telejornal. No entanto, as fotos usadas para noticiar o fato, eram de um depoimento dado em 2015, falando sobre a saúde da sua filha, que enfrentou dez cirurgias corretivas para ter pés que a permitem, hoje, até correr. “Essa imagem foi usada pra falar de outro assunto sem qualquer conexão com esse momento. Não deturpem o meu choro, por favor. Sou resultado de muitas vitórias e alegrias mas também das lágrimas no meu caminho. Isso nos faz humanos, capazes de nos desfazer e refazer. É nisso que tenho pensado nessa parada estratégica pra refletir. As lágrimas de hoje reservo a mim”, compartilhou.

View this post on Instagram

Lágrimas de 2015 Às vezes me sinto feita de aço, outras vezes de areia. Sou força e garra e risos uma boa parte do tempo. Mas também sou lágrimas. Essas da foto são lágrimas de 2015, um choro de mãe ao relembrar um momento traumático na minha jornada em busca de um tratamento médico para a minha filha, já concluído com sucesso. Essa semana essa imagem foi usada pra falar de outro assunto sem qualquer conexão com esse momento. Não deturpem o meu choro, por favor. Sou resultado de muitas vitórias e alegrias mas também das lágrimas no meu caminho. Isso nos faz humanos, capazes de nos desfazer e refazer. É nisso que tenho pensado nessa parada estratégica pra refletir. As lágrimas de hoje reservo a mim. Bj grande (Não sei postar links mas a história real desse choro foi publicada no R7 em 2015.) https://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/videos/adriana-araujo-abre-o-coracao-e-fala-sobre-carta-que-revela-historia-emocionante-da-filha-06102019

A post shared by Adriana Araujo (@adrianaaraujo_) on

[anuncio]

Em junho, a jornalista usou suas redes sociais e fez duras críticas pelo atraso e a falta de transparência na divulgação dos dados da pandemia do novo coronavírus no Brasil. “É uma questão de saúde pública saber o que está acontecendo no Brasil agora. É muito importante para todos nós”, disse em um trecho. Adriana ainda ressaltou a importância de saber sobre a gravidade da situação. Assista:

Nova apresentadora troca Brasília por São Paulo

Contratada do grupo Record há 25 anos, Christina Lemos assume a bancada do “Jornal da Record” na próxima segunda-feira (22). No primeiro momento, ela dividirá a apresentação com Sérgio Aguiar, em razão do confinamento de Celso Freitas. Durante boa parte da sua carreira, a profissional acompanhou todos os bastidores da política e economia em Brasília, e se tornou uma grande referência nos assuntos.

[anuncio]

Em sua conta pessoal no Twitter, a jornalista comemorou a nova empreitada, agora em São Paulo. “Depois de 30 anos de carreira na reportagem, cobrindo, analisando política e passando por vários presidentes da República, vamos para mais um desafio: levar o que vivi para a bancada de um dos mais importantes jornais do país, o #JornalDaRecord”, postou.

O post Adriana Araújo deixa o “Jornal da Record” após 14 anos, e emissora anuncia nova apresentadora — saiba os detalhes apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.