Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Após expor “dossiê” contra Anitta, Ludmilla registra música chamada “Cobra Venenosa”; Trecho da música já foi divulgado — Ouça e saiba quando estreia

Ludmilla mostrou que, além de não levar desaforo para casa, também se inspira com as tretas. Nesta segunda-feira (15), após exibir um dossiê sobre seu desentendimento com Anitta, com vídeo de conversas antigas, áudios e prints, a cantora registrou no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) uma nova música, intitulada “Cobra Venenosa”.

Um trechinho da canção foi usado para embalar alguns trechos do dossiê contra Anitta. Na música, Ludmilla entoa: “Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro, no cantinho da boca escorrendo o seu veneno”. Confira abaixo um vídeo feito por fãs com o áudio:

No registro do Ecad, Ludmilla consta como a única compositora de “Cobra Venenosa”. A gravadora Warner é editora e administradora. De acordo com o site Notícias da TV, por enquanto, a equipe da cantora apenas fez o registro do título da canção; o fonograma não consta no site do Ecad. Procurada pelo Hugogloss.com, a assessoria de Ludmilla não se pronunciou sobre o assunto até o fechamento da matéria.

O registro de “Cobra Venenosa” no Ecad. (Foto: Reprodução)

Nos Stories do Instagram, Ludmilla já anunciou quando a música chega: dia 3 de julho. E ainda usou o emoji de uma cobra. Veja abaixo:

(Foto: Reprodução/Instagram)

Entenda o caso

Após ter sido citada no programa “Anitta Dentro da Casinha”, do Multishow, na última quinta-feira (11), Ludmilla decidiu expor os bastidores de sua briga com a cantora carioca. Através de um longo vídeo publicado em seu Instagram, nesta segunda (15), a danada revelou sua versão sobre os desentendimentos, explicando os motivos que a levaram a se afastar de Anitta de uma vez por todas no ano passado.

Na sexta (12), Ludmilla já havia comentado brevemente o caso, divulgando um áudio antigo de uma conversa com a poderosa. Mais tarde, a dona de “Verdinha” usou sua conta no Twitter para questionar se realmente seria necessário trazer à tona, tudo o que teria acontecido entre ela e Anitta. “Então eu vou ser obrigada a contar tudo o que aconteceu mesmo?”, disparou para seus seguidores. Rapidamente, a publicação ganhou milhares de curtidas e comentários.

Na manhã desta segunda-feira (15), então, Lud realmente divulgou a íntegra, em um vídeo, com um compilado de conversas antigas, áudios e prints de redes sociais. Ao mesmo tempo, a artista narrou todos os eventos, dando sua versão ao caso. Carta aberta”, escreveu na legenda.

Logo no começo, Ludmilla retomou o assunto que teria causado a briga inicial entre ela e Anitta, no dia 29 de setembro do ano passado: a composição de “Onda Diferente”. A cantora expôs a conversa que teve com a voz de “Bang”, quando Ivete Sangalo apresentou a canção no “Rock in Rio 2019”. “Eu, inocente, sem saber de nada ainda, fui falar com ela (Anitta), legendou.

[anuncio]

Na conversa, Lud mandou um áudio explicando que foi comemorar o fato da baiana ter cantado uma composição dela, mas que recebeu muito ‘hate’ dos fãs de Anitta em troca. “Tu explica que eu tô falando da composição, porque a composição é minha. Eles tão achando que eu tô falando do feat., mas é da composição”, pontuou a artista para a então colega de trabalho, pedindo para ela se pronunciar publicamente sobre o assunto.

Foi aí que Ludmilla recebeu prints dos fãs mostrando que Anitta também estava nos créditos da composição – fato este que ela não tinha conhecimento até então. “O maior problema disso tudo foi sempre ela com essa falta de verdade, entendeu? Porque eu já tinha dado 50% da música [pro Snoop Dogg] então se ela tivesse agido com verdade, comigo, falado assim ‘Lud, olha só, eu vou botar meu nome lá, porque eu fiz a produção da música e tudo mais’, eu ia falar: ‘Show, Anitta, bota sim’. Só que ela agiu por trás, fez de maldade. Botou o nome dela na minha música sem o meu consentimento e depois ficou me deixando parecer maluca falando que a música era minha”, narrou a intérprete de “Verdinha”.

Na sequência, a artista contou que, desde então, recebe ataques frequentes dos fãs de Anitta. Segundo Ludmilla, a diva teria até um grupo em que fala com todos os presidentes de seus fã-clubes.“Eu tenho os fãs dela em todas as minhas postagens, em tudo que é propaganda que eu vou fazer, sempre querendo me diminuir, me desmerecer, com tudo que vocês possam imaginar. E se ela controla eles por que ela não manda eles pararem?”, questionou Lud, expondo uma série de prints com comentários racistas e homofóbicos.

[anuncio]

“Ela passou a vida assim, me tachando de inferior a ela, entendeu? Teve uma época que ela me chamava de ‘projetinho de Alcione’, como se isso fosse uma ofensa, mas mal sabe ela que a Alcione é uma das minhas maiores referências. Eu sou muito fã da Alcione”, apontou a cantora. Em vários momentos do vídeo, ela ainda acrescentou um trecho de uma música que compôs para descrever a ex-colega. “Eu disse limpa, limpa antes que caia dentro. Escorrendo da boca, no cantinho, o seu veneno”, diz a letra.

Durante o registro, Lud ainda revelou que inicialmente faria parte de “Combatchy”, single que foi lançado nas vozes de Anitta, Lexa, MC Rebecca e Luísa Sonza. “Cheguei até a gravar a voz. Só pra deixar claro que as meninas que participaram não têm nada a ver com isso, tá? É tudo com ela (Anitta) mesmo. Só que eu já tava cansada de tudo que tava acontecendo, essas histórias, essas mentiras, esse jeito sonso, esse cinismo, sabe? Eu tava cansada de engolir esse achismo dela, ela com esse ego o tempo inteiro. Eu fui ao meu limite. Eu aguentei muita coisa calada pra não ter briga, pra não ter nada e é isso”, explicou.

Ludmilla e Anitta fazendo a primeira performance de “Favela” juntas. (Foto: Roberto Filho/Brazil News)

Por fim, Ludmilla fez um longo desabafo sobre sair como a ‘errada’ da história e o motivo pelo qual aguentou calada por tanto tempo. “Enfim, espero que essa seja a última vez que eu tenha que entrar nesse assunto porque toda vez que eu tenho que tocar nesse nome, falar sobre esse assunto, me traz uma sensação muito ruim e não faz parte do meu cotidiano essa energia negativa”, afirmou.

A cantora seguiu, falando que se decepcionou após conhecer Anitta de verdade. “Vocês, fãs dela, são muito privilegiados, de ter ela só de distância, do palco, porque se vocês tiverem um dia de convívio com a pessoa dela, vocês vão se desapontar como eu porque um dia eu já admirei ela, sem conhecer a pessoa. Depois que eu conheci a pessoa foi frustrante”, desabafou.

[anuncio]

“Mais frustrante ainda foi ter que ficar ouvindo meu empresário e as pessoas do meio [artístico] falando: ‘Aguenta, a gente sabe quem ela é. Não entra numa briga com ela porque você sabe que você vai sair perdendo. Você sabe que você já é uma em um milhão ocupando esse lugar e você vai dar mole? Você vai sair perdendo nessa’. E eu sempre tendo que abaixar a cabeça, porque eu, como mulher preta, sempre senti que as pessoas queriam que eu ficasse no meu cantinho. Por mais que eu estivesse certa, eles queriam que eu pedisse desculpa. Tipo, ‘Ah, você é preta, nem era pra você estar aí. Você já tá em um lugar que nem era pra você estar ocupando, agora você ainda tá reclamando que eu pisei no seu pé? Pede desculpa’. Era tipo isso, entendeu? E, cara, pra eu estar vindo aqui falar isso, tá me custando demais. Vocês não têm noção”, lamentou a artista.

Confira:

Após a divulgação do vídeo, a mãe de Ludmilla, dona Silvana Oliveira, comentou o post com um trecho de “Verdinha”, confirmando as especulações que surgiram na época em que a canção foi lançada. Fãs mais atentos da danada diziam que a faixa conteria um recado para Anitta. “Um dia eu vou poder falar toda a verdade. A máscara que vai cair diante da sociedade. Bang, Bang! Não me perturba”, dizia a letra, no que também seria uma referência a um dos maiores sucessos da carreira de Anitta, “Bang”.

Comentário da mãe de Lud na postagem (Foto: Reprodução/Instagram)

O post Após expor “dossiê” contra Anitta, Ludmilla registra música chamada “Cobra Venenosa”; Trecho da música já foi divulgado — Ouça e saiba quando estreia apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.