Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Após polêmicas bolsonaristas e fiasco de audiência, ‘Aqui na Band’ é suspenso, equipe é demitida, e Lacombe retirado da apresentação; Saiba qual o futuro do programa

Após polêmicas e atritos do “Aqui na Band” com o próprio jornalismo da emissora, a Band decidiu intervir no matinal. O programa foi suspenso. Desta quinta-feira (25) até o dia 3 de julho, o canal exibirá apenas reprises da atração em seu horário. A medida é apenas a primeira de uma série de mudanças que a Band implementará no formato.

Do programa que até ontem (24) era levado ao ar, ao vivo, só restará mesmo o nome, e o cenário. De acordo com fontes ouvidas pelo hugogloss.com, os apresentadores Luís Ernesto Lacombe, Nathalia Batista e Dalton Rangel não voltam mais ao matinal. O diretor Vildomar Batista, responsável pelo programa, também deixa o posto. A manhã desta quinta foi turbulenta no canal do Morumbi. Funcionários que integravam a produção do “Aqui na Band” foram demitidos.

[anuncio]

A expectativa da emissora é de voltar com uma edição inédita no dia 6 de julho. A jornalista Mariana Godoy é a primeira apresentadora já confirmada no projeto. A Band ainda quer um homem para dividir o comando da atração com ela. De acordo com o jornalista João Paulo Dell Santo do site RD1, os nomes de Dony De Nuccio, Zeca Camargo e Fernando Rocha são discutidos internamente para a vaga.

Ainda de acordo com o RD1, Luís Ernesto Lacombe deve ser transferido para alguma atração esportiva do canal. A relação dele com o jornalismo da Band e com Fernando Mitre, diretor geral da área, teria se tornado insustentável. Há o entendimento de que o bolsonarista excedeu os limites fundamentais do jornalismo, deixando de lado a isenção. O contrato de Lacombe com a emissora vai até dezembro e tem grandes chances de não ser renovado.

O novo “Aqui na Band” passa a ser construído sob o guarda-chuva de Antonio Zimmerle, diretor de programação da Bandeirantes. Diferentemente do que fora feito até aqui, a atração terá ligação direta com o departamento de jornalismo do canal para evitar que novos excessos sejam cometidos.

Lacombe, Nathalia e Dalton estão fora do “Aqui na Band” (Foto: Reprodução / TV Bandeirantes)

Polêmicas Bolsonaristas

A primeira controvérsia se deu na edição do dia 11 de maio, quando o programa promoveu o seguinte debate: “quem mandou matar Jair Bolsonaro?”. Para responder à questão, foram convidados, parlamentares, advogados e apoiadores do presidente, dentre eles, Frederick Wassef. O advogado está nos holofotes há dias após a descoberta de que Fabrício Queiroz – preso no Rio de Janeiro – estava escondido há mais de um ano em uma das casas de Frederick.

Ocorre que a pergunta “quem mandou matar Jair Bolsonaro” já havia sido respondida naquela época pelo inquérito aberto pela Polícia Federal: Adélio Bispo agiu sozinho. A direção da Band achou o debate sem nenhum sentido e viu nele, um episódio capaz de causar ranhuras num dos seus principais trunfos, o jornalismo elogiado. Afinal, havia se ignorado ali, premissas básicas da profissão, como ouvir todos os lados de uma história.

[anuncio]

De acordo com o “Notícias da TV“, Fernando Mitre e Rodolfo Schneider, respectivamente diretor nacional e diretor executivo de Jornalismo, tiveram na ocasião discussões acaloradas com Vildomar Batista, então diretor do “Aqui na Band”. A própria emissora confirmou o “mal-estar” e disse que o material exibido “não condizia com a linha editorial do grupo” e que não fora submetido, como deveria, à prévia apreciação do departamento de Jornalismo.

Luís Ernesto Lacombe, por sua vez, fez um desabafo cheio de indiretas no Instagram, cobrando companheirismo dos demais colegas de canal. Passado o turbilhão, o matinal voltou a apostar em convidados e temas mais leves até que na última terça-feira (23) chutou o balde. Diante dos rumores de que Mariana Godoy havia sido contratada pela Band para apresentar o programa no lugar de Nathalia Batista, esposa de Vildomar, a atração colocou no ar, um debate sobre o “novo conservadorismo”.

[anuncio]

O programa recebeu no estúdio, o blogueiro Allan dos Santos, alvo do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal e outras figuras alinhadas ao discurso bolsonarista. “Não tenho problema nenhum em me assumir conservador. Eu sou um jornalista em um programa de entretenimento. A população é em essência conservadora. E hoje muitas pessoas irão se descobrir assim“, declarou Lacombe. Foi a gota d’água.

A edição deu apenas 0,6 de média em São Paulo, ficando atrás do programa reprisado de João Kléber da RedeTV!, e dos desenhos da TV Cultura. Desde que tentou emplacar pautas políticas e controversas, a atração via seus índices retraírem. A Band espera  agora estancar a queda da audiência e, principalmente, costurar o rasgo em sua credibilidade.

O post Após polêmicas bolsonaristas e fiasco de audiência, ‘Aqui na Band’ é suspenso, equipe é demitida, e Lacombe retirado da apresentação; Saiba qual o futuro do programa apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.