Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Ator John Boyega, de “Star Wars”, faz discurso impactante durante protestos em Londres e viraliza na web: “Não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas f*da-se”; assista!

Os protestos antirracistas, iniciados após o assassinato de George Floyd nos Estados Unidos, ultrapassaram fronteiras e estão acontecendo ao redor do mundo. Nesta quarta (03), o astro da nova trilogia de “Star Wars”, John Boyega, foi a uma manifestação no Hyde Park, em Londres, e fez um discurso poderoso sobre o movimento, além da necessidade de mudança na sociedade.

Ao resto dos manifestantes, John falou não só sobre a morte brutal de Floyd, mas também sobre outros homens e mulheres pretos que perderam a vida graças à violência da polícia. “Eu estou falando do meu coração. Olha, eu não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas f*da-se. Este é um momento em que somos, agora, uma representação física da nossa mentalidade, do nosso ideal compartilhado de que vidas negras importam”, afirmou.

John Boyega em protesto no Hyde Park, em Londres. (Foto: Getty)

“Hoje é sobre as pessoas inocentes que estavam no meio de seus processos. Nós não sabemos o que George Floyd poderia ter conquistado, nós não sabemos o que Sandra Bland poderia ter conquistado, mas hoje, nós vamos nos certificar para que isso não seja um pensamento estranho para nossos jovens”, disse. John começou a chorar, e afirmou: “Eu preciso que vocês entendam o quão doloroso é essa m*rda. Eu preciso que vocês entendam o quão doloroso é ser lembrado todo dia que a sua raça não significa nada e esse não é mais o caso, esse nunca foi o caso”.

[anuncio]

O astro também usou o momento para lembrar homens pretos sobre a importância de mulheres pretas. “Homens pretos, nós precisamos cuidar das nossas mulheres pretas. Elas são o nosso coração, o nosso futuro, nós não podemos demonizar os nossos, nós somos os pilares da família. Imagine isso: uma nação que é feita com famílias individuais que estão florescendo, que são saudáveis, que se comunicam, que criam seus filhos com amor, que tem uma chance maior de se tornarem seres humanos melhores, e é isso que nós precisamos criar. Homens pretos, começa com vocês, acabou, cara. […] Nós precisamos ser melhores”, falou.

John terminou seu discurso com palavras fortes: “Vidas pretas sempre importaram. Nós sempre fomos importantes. Nós sempre significamos algo. Sempre conseguimos, independentemente. E agora é a hora. Eu não vou esperar”. Confira abaixo:

No Twitter, o discurso de John fez sucesso e despertou diversas reações. Sobre a fala de “não sei se vou ter uma carreira depois disso”, o diretor Jordan Peele (“Corra!”, “Nós”) garantiu: “Nós apoiamos você, John”. A postagem teve 806 mil curtidas até agora, e mais de 137 mil comentários.

“John Boyega merece o respeito de todo mundo. Ele não deveria ter que se preocupar em perder sua carreira porque está se manifestando. Ele está mudando o mundo agora e nós precisamos escutá-lo e respeitá-lo”, disse um perfil.

“Vocês idolatram as celebridades erradas há um tempo, JOHN BOYEGA é de verdade. Um rei, de fato”, afirmou outro.

[anuncio]

“Deixe grandes imagens viverem. Você falou bem. Sempre amei meu cara John Boyega”, disse o ator britânico Michael Dapaah.

“Eu vou comprar um ingresso extra para qualquer filma que o John Boyega esteja”, garantiu Rebecca Theodore-Vachon, crítica de cinema e TV.

O post Ator John Boyega, de “Star Wars”, faz discurso impactante durante protestos em Londres e viraliza na web: “Não sei se vou ter uma carreira depois disso, mas f*da-se”; assista! apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.