Caso Madeleine McCann: Suspeito é investigado no desaparecimento de outras crianças; saiba os detalhes!

Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Caso Madeleine McCann: Suspeito é investigado no desaparecimento de outras crianças; saiba os detalhes!

No início da semana (4), autoridades alemãs apontaram um novo suspeito no caso de Madeleine McCann. Aos três anos de idade, a menina desapareceu enquanto passava férias com a família em Algarve, Portugal, em 2007.

Segundo o jornal The Sun, nesse sábado (6), uma mulher britânica, cujo nome foi mantido em anonimato, identificou Christian Brueckner, de 43 anos, como sendo o homem que viu agir de modo estranho fora do apartamento onde Maddie dormia, antes de sumir.

[anuncio]

“Esse é o homem que vi. Mostraram a fotografia dele a pelo menos duas testemunhas que o identificaram, mas nada aconteceu”, testemunhou ela sobre o alemão, atualmente preso na cidade de Kiel por abuso de menores e estupro de uma idosa de 72 anos.

Imagem de Christian Brueckner, novo suspeito investigado por homicídio de Madeleine. (Foto: Reprodução/Metro UK)

Ainda de acordo com o site, o suspeito possivelmente teria escapado dos radares dos oficiais alemães, sete anos atrás. Na época, um rapaz contatou a polícia de Braunschweig após assistir a uma entrevista na TV com Kate e Gerry, pais de Maddie, e disse ter visto um homem suspeito — e com as mesmas características de Bruckner — no resort português, em 2007. Entretanto, não se sabe o porquê de a dica crucial não ter sido investigada mais a fundo.

As novas pistas no caso de McCann fizeram com que a polícia alemã reabrisse outras investigações. O menino René Hasee desapareceu em junho de 1996, quando passava férias também em Algarve, com a mãe e o padrasto. Os três tinham almoçado num restaurante de praia na zona de Aljezur quando o menino de seis anos sumiu, após caminhar em direção ao mar. O caso era, até então, encarado como “afogamento”.

“Foi-me dito pelas autoridades que ocorriam sequestros em Portugal, mas apenas nas grandes cidades, e não nas pequenas vilas do litoral. Agora, com o surgimento dessas notícias, disseram-me que vão investigar se existe ligação (com o caso de Madeleine McCann), afirmou Andreas Hasee, pai de René, ao canal alemão ARD.

Brueckner também passou a ser apontado como responsável pelo desaparecimento de Inga Gehricke, em maio de 2015. A garotinha tinha apenas 5 anos de idade quando desapareceu sem deixar pistas numa floresta em Alta Saxônia, local que fica a 90km de onde o criminoso morava.

Inga Gehricke tinha características físcias semelhantes às de Madeleine. (Foto: Reprodução/The Sun)

Em coletiva de imprensa feita na última quinta (4), o promotor Hans Christian Wolters, responsável pelo caso de Madeleine, disse suspeitar que a menina esteja morta. “O ministério público investiga um homem de 43 anos, natural da Alemanha, como suspeito por homicídio. Portanto, nós supomos que a menina esteja morta”, declarou.

Entre 1995 e 2007, Christian Brueckner morou em Algarve, local onde Madeleine desapareceu, e trabalhou na área de gastronomia. Segundo o Escritório da Promotoria de Braunschweig, paralelo a isso, o rapaz cometia vários crimes, incluindo roubos em apartamentos e complexos hoteleiros, além de estar envolvido com tráfico de drogas.

[anuncio]

Relembre o caso de Madeleine McCann

A pequena Madeleine McCann desapareceu aos três anos de idade, enquanto passava as férias com a família na Praia da Luz, em Portugal. Ela completaria quatro anos em 10 dias. A menina estava com os irmãos gêmeos Sean e Amelie, então com dois anos, no quarto de hotel. Seus pais, Kate e Gerry McCann, tinham saído para jantar com amigos em um restaurante próximo, dentro do complexo turístico, deixando as crianças desacompanhadas. Assim que eles voltaram, descobriram que Madeleine tinha sumido.

De acordo com o G1, os próprios pais de Madeleine foram considerados suspeitos pela polícia portuguesa, após a descoberta de vestígios biológicos da menina em seus objetos pessoais, e em um automóvel alugado após o desaparecimento. A suspeita era de que Kate e Gerry tivessem ocultado o corpo da filha, após ela ter morrido acidentalmente. Porém, a Justiça portuguesa largou esta linha de investigação quando as análises das amostras que os incriminavam, realizadas no Reino Unido, foram consideradas inconclusivas. Outro suspeito foi o britânico-português Robert Murat, que morava perto do hotel.

Kate e Gerry McCann em 2007. (Foto: Reprodução/YouTube)

O caso é um grande mistério até hoje, que desperta o interesse do público; Madeleine já foi avistada cerca de 9 mil vezes, em mais de 100 países — todas as pistas eram falsas. Na Netflix, está disponível o documentário “O Desaparecimento de Madeleine McCann”, com entrevistas dos principais envolvidos na história.

O post Caso Madeleine McCann: Suspeito é investigado no desaparecimento de outras crianças; saiba os detalhes! apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.