Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Ex-goleiro Bruno gera revolta na web ao fazer divulgação de canil: “Não se arrependeu e se orgulha do que fez”; Jogador rebate acusações

Inacreditável… Nesta quarta-feira (24), o ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza voltou a ser um dos assuntos mais comentados da internet por conta de um post feito por ele no Instagram. Na publicação, o ex-jogador do Flamengo divulgou um canil e foi duramente criticado pelos internautas. Muitos deles relacionaram o agradecimento ao local com a morte da modelo Eliza Samudio, em 2010, na qual ele esteve envolvido.

Além de publicar fotos com os cães da raça American Bully, Bruno divulgou a empresa, que é especializada na criação dos animais. “Ontem tive o grande prazer de conhecer um canil incrível da raça do meu filho Booba. Queria agradecer a @friendsbullkennel pela receptividade e parabenizar pelos lindos animais que vocês têm lá!!”, escreveu. “Essas da foto são Estrela e Cristal, e também levei meu Boobinha para conhecer novos amigos e brincar bastante!! Encontro muito produtivo!!”, encerrou.

Foto: Reprodução/Instagram

[anuncio]

Em 2013, Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses pelos crimes de assassinato e ocultação do cadáver de Eliza, e também pelo sequestro e cárcere privado do filho recém-nascido com a jovem. Durante a investigação, o primo do goleiro revelou que a moça teria sido esquartejada e as partes do seu corpo foram dadas para os cachorros comerem.

No programa “Até Que A Morte Nos Separe”, do canal a cabo A&E, exibido originalmente em 2012, os delegados Alessandra Wilke e Edson Moreira alegaram que a história era mentira. O ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, que foi apontado como o executor da ex-modelo, teria simulado tudo para poder despistar seus comparsas. Dessa forma, eles não saberiam onde o corpo de Eliza realmente estava e não iriam entregá-lo para as autoridades. “A carne realmente foi dada aos cães, mas não era carne humana”, afirmou Moreira.

Apesar do caso não ter sido definitivamente esclarecido até hoje, o público se revoltou ao ver o nome de Bruno relacionado à divulgação de um canil. “Isso só prova como esse cara não se arrependeu e até se orgulha do que fez com a mãe do próprio filho. Além do crime contra Eliza Samudio, o outro crime acontece aqui, quando nossa sociedade acha que ressocialização é sinônimo de escarnecer da memória da vítima repetidas vezes”, criticou a roteirista Renata Corrêa, do programa “Fora de Hora”.

[anuncio]

A escritora Gloria Perez, que chegou a repudiar publicamente a série da Globo que seria produzida contando a história do crime, usou sua conta no Twitter para se posicionar a respeito do post. “Goleiro Bruno fazendo propaganda de canil. É um deboche!”, disparou.

[anuncio]

Na seção de comentários do post, o ex-goleiro aproveitou a mensagem de um seguidor para se pronunciar sobre a história. “Putz, Brunão! Com cachorro não, mano. Sem polêmica, meu goleiro”, falou o rapaz, referindo-se ao crime. “Você acredita realmente no que foi noticiado no passado? Amigo, abra a mente! Na época, foram feitos exames que comprovaram que tudo não passou de imaginação daquele noiado do meu sobrinho!”, rebateu Bruno.

Foto: Reprodução/Instagram

O post Ex-goleiro Bruno gera revolta na web ao fazer divulgação de canil: “Não se arrependeu e se orgulha do que fez”; Jogador rebate acusações apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.