Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Katy Perry revela que teve pensamentos suicidas após término com Orlando Bloom em 2017 e críticas a álbum; Cantora conta como superou: “Minha luz no fim do túnel”

Katy Perry passou por um período difícil após o término com Orlando Bloom, em 2017. Apesar do casal ter se reconciliado depois de alguns meses e hoje estar noivo — e prestes a ter uma menininha! —, a cantora admite que enfrentou uma fase depois da separação em que chegou a ter pensamentos suicidas.

Em entrevista à CBC Radio, Katy explicou a situação, ocasionada depois que sua vida pessoal e a profissional saíram dos trilhos. “Eu tinha terminado com o meu namorado, que agora é o pai do meu bebê”, revelou. Acostumada apenas ao sucesso em sua carreira, a estrela esperava que o lançamento de seu álbum, “Witness”, a ajudaria a superar o coração partido. “Mas a validação não me deixou enebriada, então eu apenas quebrei”, confessou.

Apesar do álbum ter conquistado a primeira posição nas paradas, ele foi recebido com críticas mistas, o que teve mudanças mínimas em sua carreira. “Talvez não tenha sido algo enorme de uma perspectiva exterior, mas para mim, foi [como um abalo] sísmico”, confessou.

[anuncio]

View this post on Instagram

double tap if you’re in the #drfauci gang 🤘

A post shared by Orlando Bloom (@orlandobloom) on

“Eu tinha dado tanto de mim, e isso me quebrou ao meio”, a cantora afirmou. No entanto, ela conta como superou o problema. “Gratidão é, provavelmente, a coisa que salvou a minha vida, porque se eu não tivesse encontrado isso, eu teria mergulhado na minha própria tristeza e provavelmente pulado”, analisou. E acrescentou: “Mas eu achei maneiras de ser grata. Se as coisas ficam realmente, realmente difíceis, quando eu estou em um humor de m*rda, eu apenas ando por aí e penso: ‘Eu sou grata, eu sou grata!’. Isso tem sido a minha luz no fim do túnel”. 

A artista classificou o período difícil como algo necessário para ajudá-la a ser “mais dimensional do que apenas viver a vida como uma estrela do pop sedenta [por sucesso] o tempo inteiro”. Katy ainda disse que até suas músicas mais felizes são frequentemente escritas quando ela está “no pior lugar de sua vida”. “Eu escrevo essas músicas que são esperançosas porque, em primeiro lugar, eu preciso da esperança, ou eu não serei capaz de sair da cama”, afirmou.

View this post on Instagram

motley crew 2020

A post shared by Orlando Bloom (@orlandobloom) on

A quarentena contra o novo coronavírus também tem sido um teste e tanto para Katy. “Os seus piores demônios apareceram e bateram na sua porta, e disseram: ‘Posso segurar a sua mão por três meses? … Você não pode correr de mim agora'”, disse com uma risada. Katy e Orlando terminaram o relacionamento no início de 2017, mas se reconciliaram no mesmo ano. A cantora dará à luz em breve a uma menina.

[anuncio]

IMPORTANTE: Se você ou alguém que você conhece está passando por dificuldades emocionais ou considerando o suicídio, ligue para o ‘Centro de Valorização da Vida’ pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias. Para mais informações, clique aqui.

O post Katy Perry revela que teve pensamentos suicidas após término com Orlando Bloom em 2017 e críticas a álbum; Cantora conta como superou: “Minha luz no fim do túnel” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.