Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Após desabafo de Carol Marchezi, mais mulheres sustentam acusações contra Luciana Gimenez, e apresentadora pede desculpas ao vivo: ‘Foi errada a maneira que falei’ – Assista

Luciana Gimenez teve seu nome envolvido em algumas polêmicas nessa semana. Ainda na segunda-feira (6), Carol Marchezi – ex-namorada de Felipe Araújo – disse ter se sentido humilhada pela apresentadora durante sua participação no “SuperPop”. Depois da alegação, a também convidada da atração, Jake Leal, e a empresária Aline Hauck, decidiram se pronunciar sobre suas experiências com a profissional da Rede TV.

Durante o programa, Caroline, acusou o cantor de não pagar pensão alimentícia. Na ocasião, Luciana comentou que Felipe teve que “engolir o filho goela abaixo”. Em resposta a um seguidor, Jake elogiou Marchezi pela calma que manteve durante a conversa desagradável e, mais tarde, compartilhou uma imagem dizendo que a apresentadora era um “desserviço para a televisão”.

[anuncio]

“Infelizmente eu e Carol Marchezi não tivemos oportunidade de conversar no final da gravação, mas nos falamos por direct. Sou muito grata a ela por ter saído em minha defesa no programa! Eu senti o quão foi constrangedor pra ela aquele palco. Mesmo sendo atacada, ela se posicionou com classe. Um exemplo de mulher!”, escreveu.

Hauck foi outra que criticou a forma com que Jake e Carolina foram tratadas no palco, e disse também ter sido “vítima” do “SuperPop”, quando o pai de seu filho, o ex-Pânico Carlinhos Mendigo, foi convidado para falar sobre a briga judicial envolvendo uma dívida de pensão alimentícia, em maio deste ano.

“Aquele programa não vale nada! Eu fui vítima deles. A internet e televisão não são terras de ninguém. Não podem ofender, humilhar. Que loucura é essa? Isso não pode continuar! O mundo já está passando por uma fase tão difícil e triste, e ainda temos que ligar a TV e vermos uma mulher que deveria ter o mínimo de respeito por seus convidados, julgar e falar como se o teto fosse de vidro. Absurdo!”, disparou.

Desabafo de Aline. (Foto: Reprodução/Instagram)

Pronunciamento de Gimenez

Luciana chegou a negar ter maltratado as convidadas em um vídeo publicado em suas redes sociais cheio de alfinetadas. Entretanto, em entrevista ao “A Tarde é Sua” desta quarta-feira (8), a apresentadora voltou atrás. Antes de se desculpar, entretanto, ela explicou melhor sua versão da história.

Segundo a apresentadora, a fala mencionada por Carolina não teria nem sido transmitida.“A Carol pegou um trecho do programa que não foi ao ar. Ela esperou uma semana e colocou isso [no Instagram] na segunda-feira. Eu não ia falar nada, mas o meu filho Lucas [Jagger] acabou sendo atacado na internet também e falou: ‘Mãe, talvez, você tenha que se explicar'”, contou.

A comunicadora deixou claro que nunca maltrataria outra mulher, pois também passou por momentos difíceis quando estava grávida de seu primogênito. “Sei que não é fácil. Então, como eu poderia tratar uma mulher que está passando dificuldade, da mesma forma que passei, mal? Eu não faria isso jamais. Sou mulher, sei que não é fácil ter um filho e ser mãe solteira”, frisou.

“Se ela [Carol] se sentiu mal, ela deveria ter chegado depois e falado: ‘Lu, eu não gostei disso’. Eu teria dito na hora: ‘Poxa, me desculpa, vamos pedir para cortar’. Mas ela saiu de lá [da RedeTV!] feliz da vida. A minha produtora a colocou no carro rindo. Eu não sabia que ela tinha se sentido ofendida. Se eu errei, peço desculpas”, declarou.

Gimenez então reiterou não ter achado correta a forma como o assunto foi abordado publicamente. “Peço desculpas não só para ela, mas para outras mulheres que tenham se sentido ofendidas por essas frases fora do contexto. Se fiz algo que a magoou, não foi intencional. O que ela fez foi intencional! Ela esperou uma semana para publicar um pedaço do programa, que foi editado. Então, não entendi”, comentou.

Questionada por Sônia Abrão, Luciana reconheceu que a polêmica frase “engolir o filho goela abaixo” possa ter incomodado a entrevistada. “A maneira que a gente fala, às vezes, pode ofender as pessoas. Realmente, ela pode ter se sentido ofendida ali. Foi errada a maneira como falei, só que cortaram do programa. Não quer dizer que eu tenha sido machista, porque não sou. Talvez, ela não tenha gostado da maneira que eu tenha falado aquilo. Por isso, estou pedindo desculpas. Isso não quer dizer que tratei ela mal, que ela saiu de lá triste”, enfatizou.

[anuncio]

De maneira contundente, a comunicadora negou ser machista, como foi acusada por Marchezi. “Depois, revendo a cena, eu realmente não gostei da minha entonação. Apesar de não ter ido para o ar, peço de novo desculpas pela maneira como falei. Agora, nunca vou vestir a carapuça de que sou machista. Pelo amor de Deus, eu defendo as mulheres. Sempre defendi”, argumentou.

Ainda segundo a apresentadora, Caroline não teve sororidade com ela diante da queixa, e ela mandou um recado para o público. “Mais uma vez vou pedir desculpas para as mulheres que talvez tenham se sentido ofendidas. Vou usar a Carol como exemplo. Poxa, acontece. Tenho a consciência tranquila de que não quis ofender. E se ofendi, já fiz o meu papel porque acho que sou humana. Poxa, Carol, você é uma menina tão bonita, tão jovem e falou tanto de sororidade. Por que não teve comigo?”, finalizou.

Confira a entrevista completa à partir de 16’55”:

O post Após desabafo de Carol Marchezi, mais mulheres sustentam acusações contra Luciana Gimenez, e apresentadora pede desculpas ao vivo: ‘Foi errada a maneira que falei’ – Assista apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.