Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Kanye West revela ter contraído Covid-19, e diz não confiar em vacina para a doença: ‘É a marca da besta, que nos impedirá de entrar no paraíso’

Kanye West chocou o mundo na última semana (4), ao anunciar sua candidatura na disputa presidencial dos Estados Unidos, que acontece esse ano, em novembro. Diante da novidade, internautas ao redor do globo se intrigaram com a possibilidade de tudo não se passar de uma brincadeira. O rapper, entretanto, concedeu uma entrevista à Forbes publicada hoje (8), confirmando a notícia e fazendo outras declarações bem polêmicas.

Como qualquer bom eleitor, é importante que saibamos as propostas e crenças dos concorrentes. Kanye, por sua vez, afirmou ser contrário às vacinas sendo criadas para combater o novo coronavírus, por exemplo. O artista acredita que a possível vacina poderia resultar na “marca da besta”, que impediria a entrada das pessoas no céu. “Muitas de nossas crianças estão sendo vacinadas e paralisadas… Então quando dizem que vão acabar com a Covid com uma vacina, eu fico extremamente cauteloso”, comentou.

[anuncio]

Batizado cristão ainda no ano passado, West tratou do assunto fazendo referências bíblicas. “Isso [a vacina] é a marca da besta. Eles querem colocar chips dentro de nós, eles querem fazer todo tipo de coisa para nos impedir de atravessar os portões do paraíso. Me perdoe por dizer ‘eles’. Quero dizer ‘as pessoas com o demônio dentro delas’. A parte mais triste é que muitos de nós não chegarão ao paraíso”, analisou.

Kanye anunciou sua candidatura no dia 4 de julho, feriado de independência dos EUA. (Foto: Getty)

O músico revelou também ter contraído a doença, ainda em fevereiro. “Tive calafrios, tremedeiras enquanto dormia, tomei muitos banhos quentes, enquanto assistia a vídeos que me diziam o que fazer para conseguir melhorar. Me lembro de alguém ter me dito que o Drake pegou o coronavírus e minha resposta foi: ‘Drake não pode estar mais doente do que eu!'”, comentou, aos risos.

Em seguida, ele atribuiu a pandemia à “ira de Deus”, e disse que a fé o curou. “Nós rezamos. Rezamos pela liberdade. É tudo sobre Deus. Precisamos parar de fazer coisas que deixam Deus irritado”, enfatizou. A relação com a religião também influencia a opinião de Kanye, quando o assunto é o aborto: “Sou pró-vida porque sigo as palavras da bíblia”.

Sobre a candidatura presidencial

Ainda durante o papo, Kanye enfatizou a seriedade de sua candidatura, que receberá mentoria do empresário bilionário, Elon Musk. O marido de Kim Kardashian disse inclusive já ter um vice, mas não revelou seu nome. Apoiador de Trump no passado, o rapper anunciou mudanças de convicção: “Com essa entrevista, estou tirando o chapéu vermelho”.

Kanye West durante reunião com o atual presidente norte-americano, Donald Trump. (Foto: Oliver Contreras/Getty)

“Eu concorreria como republicano se Trump não estivesse ocupando esse lugar. Como o Trump está, vou concorrer como ‘independente'”, avisou. West comentou também que poderia chamar o partido de “Aniversário”. “Como tudo que eu faço na vida, farei isso para vencer. Quando eu vencer, vai ser como uma festa de aniversário para todo mundo”, informou.

O post Kanye West revela ter contraído Covid-19, e diz não confiar em vacina para a doença: ‘É a marca da besta, que nos impedirá de entrar no paraíso’ apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.