Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Atriz Natalia Dyer, de “Stranger Things”, critica a mídia por sexualizar elenco mais jovem da série: “Circunstâncias muito loucas”

Desde que “Stranger Things” estreou na Netflix, os atores mirins da produção já enfrentaram algumas polêmicas, principalmente em relação a como são retratados pela mídia. Recentemente, quem comentou sobre o assunto foi Natalia Dyer, intérprete da Nancy Wheeler. Em entrevista ao The Independent, ela falou que suas co-estrelas mais jovens costumam ser excessivamente sexualizadas pela imprensa e ponderou sobre a questão, afirmando ser um problema cultural.

“Geralmente, sinto que existe a hipersexualização [do elenco jovem]. Me sinto protetora com as crianças mais novas, embora elas não sejam mais crianças, são adolescentes”, disse a atriz, que acrescentou: “Eles são todos ótimas pessoas e tiveram que crescer em circunstâncias muito loucas. Como uma pessoa reservada, penso que deveriam deixá-los em paz — a menos que o assunto seja sobre o trabalho ou algo que queiram falar”.

[anuncio]

Natalia acredita que o caso é muito complexo, observando que a sexualização de jovens atores é uma questão cultural mais ampla: “Deve haver um conceito maior por trás disso quanto ao porquê. Apenas deixe as pessoas serem quem são, sem qualquer julgamento”, disse ela.

Foto: Daniel Zuchnik/Getty Images

Na frente das discussões em torno da sexualização inadequada do jovem elenco da série, está Millie Bobby Brown, que interpreta Eleven em “Stranger Things”. Em 2017, a W Magazine a incluiu em uma lista de razões pelas quais a televisão é “mais sexy do que nunca”, quando ela tinha apenas 13 anos. Entre outros nomes, estavam atores muito mais velhos, como Nicole Kidman e James Franco.

Millie Bobby Brown e elenco de “Stranger Things” na terceira temporada. Foto: Divulgação/Netflix

Além disso, em uma postagem no Instagram em comemoração ao seu aniversário de 16 anos, Millie desabafou sobre a contínua sexualização que experimentou na mídia. “Os últimos anos não foram fáceis, admito. Há momentos em que fico frustrada com a imprecisão, comentários inadequados, sexualização e insultos desnecessários que, em última análise, resultaram em dor e insegurança para mim”, escreveu na legenda.

[anuncio]

O vídeo compartilhado pela atriz  reuniu diversas manchetes polêmicas a seu respeito e outros registros de várias fases da sua vida. A intérprete de Eleven explicou que o intuito era mostrar que ela é muito mais do que as pessoas veem.

View this post on Instagram

16 has felt like a long time coming. i feel like change needs to happen for not only this generation but the next. our world needs kindness and support in order for us children to grow and succeed. the last few years haven't been easy, I'll admit that. there are moments i get frustrated from the inaccuracy, inappropriate comments, sexualization, and unnecessary insults that ultimately have resulted in pain and insecurity for me. but not ever will i be defeated. ill continue doing what i love and spreading the message in order to make change. let's focus on what needs changing and I hope this video informs you on the things that go on behind the scenes of the headlines and flashing lights. dont worry I'll always find a way to smile ;) leggo 16 ♡.

A post shared by mills (@milliebobbybrown) on

O post Atriz Natalia Dyer, de “Stranger Things”, critica a mídia por sexualizar elenco mais jovem da série: “Circunstâncias muito loucas” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.