Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Revoltante! Modelo trans é agredida e ameaçada de morte em seu apartamento, e famosos se mobilizam para ajudar com vaquinha online; saiba os detalhes

Quanto mais a gente tenta ter fé na humanidade, mais nos decepcionamos… Ontem (17), a modelo transsexual Alice Felis gravou uma série de stories desesperadores, mostrando os resultados das agressões que sofreu. A capixaba teve seu apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, completamente destruído por um homem no domingo (16). Alvo de ameaças de morte, ela pediu ajuda nas redes sociais para pagar os procedimentos cirúrgicos necessários e todos os prejuízos que teve em seu lar, que é alugado e precisa ser devolvido.

Nos primeiros stories, Alice contou que teve os dentes, a mandíbula e o nariz quebrados, além de ter sido atingida por uma faca em algumas partes do corpo. “Eu tentei ao máximo para que não fizessem nada comigo, mas ele fez, me bateu, tentou me esfaquear. Eu pedi, por tudo que era mais sagrado, para que ele não me matasse”, desabafou aos prantos. Felis ainda tentou encontrar a faca, mas chegou a conclusão de que o agressor a levou ou a escondeu.

A situação caótica em que o apartamento foi deixado é de cortar o coração. Manchas de sangue nas paredes, no piso, móveis e roupas de Alice Felis dão uma pequena dimensão dos horrores que ela viveu. A modelo, que é natural do Espírito Santo, ainda foi ameaçada pelo homem. “Ele me disse que não era pra eu ficar no Rio, que se ele me encontrasse, iria me matar de verdade”, revelou.

Alice é natural do Espírito Santo e se mudou para o Rio de Janeiro para investir na carreira de modelo. Foto: Reprodução/Instagram

[anuncio]

O homem ainda roubou R$ 3 mil, o único dinheiro que a modelo tinha. “Estou com medo de ficar aqui, mas eu vou para onde? Minha vida estava indo tão bem. Tava tudo direitinho. E olha como eu estou. Eu estou destruída”, falou, completamente tomada pela emoção. Debilitada pela dor de todos os ferimentos e do trauma psicológico, Alice relatou que não conseguia arrumar o apartamento, que precisará ser devolvido, e pediu ajuda para arcar com suas despesas, incluindo dinheiro para poder se alimentar.

As agressões foram tão fortes que Felis chegou a desmaiar e só acordou novamente duas horas depois. “Acordei nessa poça de sangue, sem entender, sem saber de nada“, lembrou. A modelo não deu muitos detalhes de como ela conheceu o homem, mas lamentou o episódio inesperado. “É muito triste isso, você abre a porta da sua casa para uma pessoa, achando que é do bem e que do nada ela faz isso daqui com você. Eu estou sangrando e não deveria. O ponto abriu”, constatou ao mostrar seus ferimentos.

[Alerta imagens fortes!] Assista ao desabafo de Alice Felis:

[anuncio]

Nesta terça-feira (18), Alice gravou um novo vídeo para o Instagram, agradecendo o carinho e apoio de todos neste momento. “Eu sofri uma tentativa de latrocínio, e agora eu tô indo na delegacia fazer um boletim de ocorrência relacionado a isso, porque eu fui agredida brutalmente pelo fato de transfobia. Quero agradecer a todo mundo que tá se sensibilizando, que tá me ajudando e agradeço de coração todo mundo que está me acompanhando”, disse.

A advogada Fêh Oliveira, que está acompanhando o caso da capixaba, deu detalhes sobre o boletim de ocorrência, que foi registrado como tentativa de latrocínio, motivado por transfobia. “Já conseguimos requisição para realização de perícia no local do crime e exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Em breve vamos divulgar as imagens do autor do crime que encontra-se foragido no momento”, escreveu.

O caso teve uma grande repercussão nas redes sociais, e a vaquinha online para ajudar Alice já contava com mais de R$ 66 mil arrecadados até o fechamento desta matéria. Celebridades usaram seus perfis para se posicionar sobre o caso e mobilizar apoio dos seus seguidores. “Não dá mais pra aguentar calado com tantas pessoas trans no Brasil sendo espancadas e assassinadas diariamente!”, compartilhou o youtuber Felipe Neto. “História brutal. Sem escrúpulos nenhum quem tem coragem de atacar um ser humano dessa forma, gratuitamente”, publicou a cantora Marília Mendonça.

[anuncio]

“Eu espero do fundo do meu coração que quem fez isso pague e a justiça seja feita”, pediu a drag queen Pabllo Vittar. “Já assisti, chorei de ódio dessa transfobia maldita que ainda existe. É uma dor no coração de ver a hipocrisia. Quem puder ajudar ela, ajuda. Ela tá precisando”, comentou a atriz e influenciadora Kéfera, sem conseguir segurar as lágrimas. A cantora Preta Gil também pediu aos seus fãs que ajudassem, seja com dinheiro ou apoio e carinho. Confira:

O post Revoltante! Modelo trans é agredida e ameaçada de morte em seu apartamento, e famosos se mobilizam para ajudar com vaquinha online; saiba os detalhes apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.