Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos no Espírito Santo é preso; Saiba detalhes

O tio acusado de estuprar e engravidar a sobrinha de 10 anos em São Mateus, no Espírito Santo, foi preso na madrugada desta terça-feira (17), entre 3h e 4h da manhã, na cidade de Betim, em Minas Gerais. A notícia foi dada em primeira mão pela TV Gazeta, afiliada da Rede Globo no ES, e confirmada pelo governador capixaba, Renato Casagrande.

A polícia do Espírito Santo estava a procura do homem de 33 anos desde o dia 12 de agosto quando o juiz da 3ª Vara Criminal de São Mateus determinou a prisão preventiva dele. Com a medida, o suspeito passou a ser considerado foragido.

Do Espírito Santo ele, inicialmente, foi para a Bahia, onde a polícia o procurou sem sucesso. Na sequência, ele fugiu para a Região Metropolitana de Belo Horizonte, onde, após uma denúncia, foi encontrado pelos agentes da polícia do ES. Os detalhes da prisão só serão divulgados em uma coletiva de imprensa mais tarde com horário a ser definido.

[anuncio]

No entanto, já se sabe que o homem está sendo levado diretamente para o estado onde o crime foi cometido. De acordo com a TV Gazeta, assim que chegar, ele deve ser interrogado e depois possivelmente levado para o Complexo de Xuri, onde existe uma ala para presos acusados de estupro.

“A nossa polícia efetuou nesta madrugada a prisão do estuprador da menina violentada no no interior do ES. Que sirva de lição para quem insiste em praticar um crime brutal, cruel e inaceitável dessa natureza. Detalhes da operação serão repassados pela equipe segurança ainda hoje“, declarou o governador capixaba no Twitter.

Segundo informações oficiais, o nome do suspeito não será divulgado para preservar a identidade da criança, que passou por um fim de semana turbulento, após ter seu nome espalhado pela ativista de extrema-direita Sara Winter. A mulher ainda publicou o nome e endereço do hospital em que a jovem iria realizar o aborto legal, levando um grupo de fundamentalistas religiosos para protestar em frente ao local.

[anuncio]

Diante da repercussão, a Defensoria Pública do Espírito Santo (DPES) conseguiu, na Justiça, uma liminar para a retirada de publicações que violaram os direitos da menina envolvida no caso. O juízo de plantão da 5ª Região na noite do último domingo (16) ordenou que o Google Brasil, o Facebook e o Twitter retirem, no prazo estipulado, informações divulgadas sobre o caso nas plataformas digitais. Segundo a Defensoria, “os dados divulgados causaram ainda mais constrangimento à menina e aos seus familiares”. Nesta segunda-feira (17), os perfis de Sara Winter, finalmente, foram suspensos do Instagram e do Twitter.

Entenda a história

O caso teve início no dia 8 de agosto, quando a criança deu entrada no Hospital Estadual Roberto Silvares em São Mateus, no Espírito Santo, sentindo muitas dores. Os profissionais perceberam que a barriga da menina estava muito estufada, e ao receberem o resultado do exame de sangue, conseguiram confirmar que ela estava grávida de 20 semanas, quase cinco meses.

A garota, então, revelou que era estuprada pelo tio, de 33 anos, desde os seus 6 anos de idade. Ela nunca pediu ajuda ou o denunciou por conta das ameaças feitas pelo homem. Uma semana depois, a Justiça do Espírito Santo deu aval para a realização do aborto, de acordo com a legislação brasileira, que permite a interrupção da gravidez caso a mulher corra risco de morte ou tenha sofrido abusos sexuais.

[anuncio]

A garotinha precisou mudar de estado para a realização do aborto de forma segura (Foto: Mario Klassen/Unsplash)

No entanto, a vítima enfrentou um novo impeditivo ao não encontrar um hospital no Espírito Santo para a realização do procedimento. O Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam), por exemplo, não possuía protocolo para isso devido ao avanço da gestação. Por isso, ela precisou ser levada a outro estado. A interrupção da gestação teria ocorrido nessa segunda-feira (17).

O caso tão bárbaro e cruel comoveu e revoltou milhares de pessoas, incluindo os influenciadores Felipe Neto e Whindersson Nunes, que se ofereceram para ajudar a garotinha em seu futuro. O empresário carioca prometeu arcar com os estudos dela até concluir a faculdade, enquanto o youtuber piauiense afirmou que pagaria ajuda psicológica para a criança até os 18 anos.

O post Tio acusado de estuprar e engravidar menina de 10 anos no Espírito Santo é preso; Saiba detalhes apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.