Absurdo! Gilberto Barros dá declaração homofóbica em programa ao vivo e é denunciado ao MP: “Apanha os dois” – Assista

Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Absurdo! Gilberto Barros dá declaração homofóbica em programa ao vivo e é denunciado ao MP: “Apanha os dois” – Assista

Gilberto Barros foi denunciado ao Ministério Público pelo crime de homofobia nessa segunda-feira (14). A denúncia foi feita pelo jornalista e ativista William de Lucca após o apresentador dizer, em seu programa no Youtube “Amigos do Leão”, que agrediria um casal gay que se beijasse na sua frente.

A declaração aconteceu na última quarta-feira (09), mas ganhou repercussão apenas ontem. Em um papo com Sonia Abrão, Gilberto estava lembrando a época em que começou a trabalhar na Rádio Globo, na década de 1980, e disse que se irritava ao sempre ver “dois bigodes” – termo que ele usou para se referir a um casal de homens homossexuais – trocando beijos.

“Você lembra a hora que eu acordava para trabalhar na Rádio Globo, quando cheguei a São Paulo, em 1984?”, questionou ele à convidada. “Eu tinha que acordar às 2h30, 2h, e ainda presenciar, onde eu guardava o carro na garagem, beijo de língua de dois ‘bigode’, porque tinha uma boate gay ali na frente”, explicou.

[anuncio]

Foi então que Barros disse que atualmente o resultado disso seria diferente. “Não tenho nada contra, mas eu também vomito, eu sou gente. Naquela época ainda, chegando do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz. Apanha os dois, mas faz”, disparou o apresentador.

Sonia Abrão arregalou os olhos ao se impressionar com a ameaça de agressão do entrevistador, mas reagiu de maneira tímida. “Meu Deus”, chocou-se, dando uma risadinha constrangida. Assista ao trecho:

Ao falar sobre a denúncia, William de Lucca afirmou que denunciou Gilberto Barros ao MP por crime de homofobia e também com base na Lei Estadual 10.948/01, que pune administrativamente a discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero. Nela, estão previstas multas, advertências e, no caso mais grave, a cassação da licença estadual para funcionamento de uma empresa.

[anuncio]

Segundo De Lucca, Barros usou seu espaço como comunicador para “incentivar a agressão contra homossexuais”. “Não é admissível que alguém, especialmente na imprensa, incentive a violência contra LGBT. Vai responder penal e administrativamente e vai aprender pela lei a respeitar nossa população!”, pontuou o pré-candidato a vereador de São Paulo.

O jornalista ainda criticou a postura de Sonia Abrão diante da declaração. “Me incomodou profundamente ver a Sonia Abrão, que sempre foi uma parceira das lutas da comunidade LGBT, ouvir o Gilberto Barros dizer que agrediria dois homens que estivessem se beijando na rua sem repreendê-lo. Uma passada de pano que eu não esperava”, apontou.

Nem Gilberto Barros, nem Sonia Abrão se manifestaram sobre o caso. No entanto, nas redes sociais, o nome do apresentador foi parar entre os assuntos mais comentados, envolto em críticas. Muitas pessoas ainda aproveitaram para enviar os mais diferentes tipos de fotos e vídeos de homens se beijando para ele.

[anuncio]

“Eu acho que o movimento LGBTQIA+ deveria armar o maior BEIJAÇO coletivo em frente à casa desse Gilberto Barros… Só acho… Fica a dica”, sugeriu um internauta. “Essas aberrações precisam desaparecer do cenários nacional. Gilberto Barros deve ser responsabilizado pelo ódio que espalha”, pediu outro.

“Gente??? Que loucura! Eu acabei de ver o tal vídeo. Gilberto Barros não tem um pingo de vergonha na cara, e a Sonia Abrão conivente dando risadinha. É puro chorume. Tem que denunciar mesmo”, afirmou um usuário do Twitter. “Certíssimo! Gilberto Barros como apresentador de TV, figura pública e um formador de opinião tem que ser punido por incentivar agressão e preconceito”, concordou outro.

 

O post Absurdo! Gilberto Barros dá declaração homofóbica em programa ao vivo e é denunciado ao MP: “Apanha os dois” – Assista apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.