Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Amber Heard trava nova briga judicial com Johnny Depp, o acusa de “difamação” e pede indenização multimilionária: “Finalmente, ela está rebatendo”

A briga judicial entre Amber Heard e Johnny Depp está longe de chegar ao fim. Nesta quarta-feira (02), a People teve acesso a documentos de um novo processo aberto pela atriz contra o ex-marido. Desta vez, a estrela de “Aquaman” pede US$ 100 milhões (cerca de R$ 537 milhões) acusando o ator de ter iniciado uma “campanha de difamação” contra ela.

No processo, Amber alega que Depp e sua equipe teriam “orquestrado uma campanha falsa e difamatória”. Segundo os documentos, o astro de “Piratas do Caribe” teria “iniciado, coordenado, supervisionado e/ou apoiado e amplificado” duas petições referentes ao nome da atriz no site change.org — uma delas solicitando sua demissão do elenco de “Aquaman”, a outra pedindo que ela fosse removida do papel de porta-voz de uma marca de cosméticos.

Amber Heard afirma que Johnny Depp iniciou uma campanha difamatória contra ela. (Fotos: Getty)

“Este fluxo de acusações falsas e difamatórias contra a Sra. Heard é uma tentativa de arruinar sua vida e carreira, simplesmente porque ela foi vítima de violência doméstica e violência nas mãos de Depp”, alega a ação judicial, reforçando a série de acusações de Amber de quando era casada com o ator. “Finalmente, depois de todos esses anos, ela está rebatendo”, pontua o processo.

[anuncio]

Atualmente, Johnny também processa Amber acusando-a de difamação. A ação judicial movida pelo artista diz respeito a um artigo escrito por sua ex-mulher no “The Washington Post”, no qual ela relatou ter sido vítima de violência doméstica durante o casamento. Por conta disso, ele pede US$ 50 milhões (cerca de R$ 268 milhões) à atriz, alegando ser inocente. Na sua nova ação, Heard também solicitou que este processo seja retirado do tribunal.

Johnny Depp também processa a ex, Amber Heard, por difamação, após ela ter relatado casos de violência doméstica. (Fotos: Getty)

O julgamento do caso estava previsto para acontecer entre os dias 11 e 28 de janeiro de 2021. Entretanto, de acordo com o USA Today, a equipe jurídica de Depp pediu que o processo fosse julgado entre março e junho de 2021, para que não interferisse nas filmagens de “Animais Fantásticos 3”.

[anuncio]

Relembre entrave judicial de Johnny Depp x Amber Heard

Depp está processando o tabloide britânico The Sun, após o jornal ter se referido a ele como “espancador de esposas” em uma matéria de 2018. Durante três semanas de depoimentos entre junho e julho, o julgamento expôs uma série de detalhes da vida privada do ex-casal e uma troca de acusações entre Johnny e Amber Heard. Nesse período, o ator admitiu ter escrito uma mensagem de sangue com seu dedo mutilado após briga com a ex, chamou James Franco de “estuprador”, e também confessou ter dado cabeçadas “acidentalmente” na atriz.

As acusações de Amber Heard e Johnny Depp após o divórcio têm vindo à tona durante o processo do astro contra o The Sun. (Fotos: Getty)

Amber, por sua vez, deu mais relatos sobre o comportamento agressivo dele. Conversas antigas entre Johnny e Paul Bettany, o intérprete do Visão em “Vingadores”, também denunciaram que eles comentavam sobre modos de matar Amber Heard.

Em um áudio exposto no julgamento, Johnny Depp também apareceu fazendo um pedido sórdido a Amber Heard. Além disso, supostas mensagens expuseram uma ameaça bizarra do ator a Elon Musk, assim como um trecho do diário da artista veio à tona, e uma foto “humilhante” do ator também foi divulgada. Por fim, testemunhas afirmaram que o astro até mesmo fez piadas dizendo que agrediria a então esposa, logo após sua cerimônia de casamento. Após tudo isso, o veredito do caso ainda é incerto.

O post Amber Heard trava nova briga judicial com Johnny Depp, o acusa de “difamação” e pede indenização multimilionária: “Finalmente, ela está rebatendo” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.