Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Lili Reinhart faz desabafo sobre retorno das filmagens de “Riverdale”: “Me sinto uma prisioneira”

Um dos meios bastante afetados pela pandemia do novo coronavírus, foi o da teledramaturgia. Muitas séries que estavam com a produção em andamento precisaram colocar tudo em “pause” por alguns meses. Caso este de “Riverdale”, que teve as gravações interrompidas em março, bem no meio da quarta temporada.

Agora, os atores estão de volta a Vancouver, Canadá, para filmarem os três episódios restantes dessa, assim como darem início à quinta temporada. Antes disso, todos têm de ficar em quarentena por duas semanas, para não correrem risco de contaminação e transmissão. Logo, ninguém poderá deixar o país por um bom tempo, nem para ver a família no Natal. Esse processo incomodou um pouco Lili Reinhart, intérprete de Betty Cooper.

[anuncio]

“Eu genuinamente me sinto como uma prisioneira, voltando ao trabalho, porque não posso deixar o Canadá. Isso não é algo legal. Você não pode ir para casa no Dia de Ação de Graças, não pode visitar sua família. Ninguém pode vir nos visitar, a menos que fique em quarentena por duas semanas. É uma b*sta”, desabafou a atriz, em entrevista à Nylon.

[Alerta de spoilers] Se você está em dia com a série, sabe que o último episódio exibido foi o da formatura dos estudantes do Riverdale High. Ainda na entrevista, Lili também comentou sobre algumas mudanças físicas que poderão ser nitidamente percebidas pelos espectadores nesses últimos capítulos. “Paramos de gravar no episódio da formatura, então eu preciso caber naquele vestido de novo. Cinco meses mais tarde, vamos todos estar mais bronzeados, talvez com uns quilinhos a mais. Eu com certeza estou”, declarou.

Com a agenda tomada pelas gravações de “Riverdale” e as medidas de restrição impostas, nenhum dos membros do elenco poderá aceitar novos projetos nesse período. Felizmente, antes de entrar nesse ritmo de trabalho, Lili conseguiu fazer o filme “Chemical Hearts”, da Prime Video, e escrever um livro de poesias, chamado “Swimming Lessons”. “Eu sou muito sortuda, mas é tipo: ‘Eu só preciso continuar, eu só preciso continuar'”, analisou, sobre a louca rotina.

Mesmo diante dessas adversidades, a loira mostrou-se grata ao período de quarentena, que lhe serviu para refletir sobre a vida. “Quando tudo está fora de controle, fora do seu alcance, é quando parece que está tudo muito triste. Ao mesmo tempo, é uma oportunidade perfeita para assumir o controle do que está acontecendo dentro de você. Sinto-me muito grata porque, sem este tempo, eu teria apenas continuado reprimindo sentimentos. Isso me deu chance de, pela primeira vez em quatro anos, processar o que aconteceu nos últimos anos, processar minhas emoções e meus sentimentos”, encerrou.

O post Lili Reinhart faz desabafo sobre retorno das filmagens de “Riverdale”: “Me sinto uma prisioneira” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.