Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Paris Hilton se abre pela primeira vez sobre abusos sofridos em internato, e fala sobre polêmica da sex tape vazada: “Meu maior arrependimento”

Paris Hilton como nunca tínhamos visto antes! Prestes a lançar o documentário “This is Paris”, a empresária bateu um papo com o Daily Pop — programa do E! Online — nesta sexta-feira (11) sobre os traumas que viveu e guardou durante todo esse tempo. Vários assuntos foram abordados por Paris, desde a polêmica da sua sex tape vazada até os abusos que ela alega ter sofrido durante a infância, no internato onde estudou — tópicos que também aparecem em seu projeto audiovisual.

Uma escola em Utah, nos Estados Unidos, foi particularmente traumática de acordo com Paris. Lá, ela teria sido presa em quartos, estrangulada e até colocada em confinamento solitário. “Isso é algo que eu escolhi nunca discutir. Assim que saí de lá, prometi a mim mesma que nunca mais pensaria ou falaria sobre isso com ninguém”, declarou  a socialite. Mesmo a sua própria mãe, Kathy Hilton, não sabia sobre o ocorrido até o documentário ser filmado.

Sobre o porquê de nunca ter contado para sua mãe, Paris revelou que a instituição imediatamente a puniria se dissesse qualquer palavra para a família sobre os abusos. “Foi muito difícil. Quando eu estava no internato, estávamos isolados do mundo exterior”, continuou ela. “E então, quando eu saí de lá, eu estava tão grata por ser livre que eu nem queria tocar no assunto nunca mais”, afirmou.

Paris Hilton se abre sobre traumas (Foto: Getty)

Com o lançamento de “This is Paris”, a estrela pôde finalmente se abrir sobre o assunto. “Eu sinto que estava segurando isso por muito tempo”, disse. Ela também observou os pontos positivos da sua sinceridade: outras pessoas falando sobre experiências semelhantes. “Agora, todos esses outros sobreviventes que foram para aquela escola, e outros lugares como aquele, estão todos apresentando suas histórias e um movimento está se iniciando”, orgulhou-se Paris. “E vamos fechar esses lugares. Essa é a minha missão”, afirmou.

A respeito da sex tape com seu namorado da época, que vazou em 2001 quando ela tinha 19 anos, a empresária confessou que gostaria de nunca tê-lo conhecido. “As pessoas dizerem que foi feito de propósito foi ainda mais doloroso”, desabafou ela. E acrescentou: “Essa foi uma das coisas mais dolorosas que já passei na vida e meu maior arrependimento. Vou me arrepender pelo resto da minha vida”.

No Daily Pop, Paris ainda falou sobre a sua BFF Kim Kardashian: “Eu estou tão orgulhosa dela e de toda a família, eu acho que é incrível o império que elas criaram e todo o empoderamento feminino. Ver as minhas amigas terem sucesso me deixa muito feliz e orgulhosa”. Você pode conferir a participação completa de Paris no talk-show, clicando aqui.

(Foto: Getty)

Todas essas histórias são aprofundadas no documentário da empresária, “This is Paris”, que será lançado no Youtube no dia 14 de setembro. Assista ao trailer:

O post Paris Hilton se abre pela primeira vez sobre abusos sofridos em internato, e fala sobre polêmica da sex tape vazada: “Meu maior arrependimento” apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.