Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Encontro: Fernanda Motta chora ao falar ao vivo sobre luta contra câncer de mama: “Nunca pensei que seria o fim”; assista

Fernanda Motta participou do “Encontro com Fátima Bernandes” desta quinta-feira (01) e compartilhou um relato corajoso e importante sobre sua luta contra o câncer de mama. A modelo explicou como descobriu a doença, falou sobre a importância de manter seus exames em dia e chegou a se emocionar relembrando os momentos que viveu.

Ela começou contando que recebeu o diagnóstico em julho de 2019 e finalizou o tratamento recentemente. “Eu descobri através de um exame de toque. Sempre cuidei muito da minha saúde, sempre gostei muito de estar em dia com os exames. Por morar fora, eu aprendi a fazer o exame de toque. Foi assim que eu descobri o nódulo, em um domingo, tomando banho. Fui investigar e realmente era um câncer de mama“, relatou.

[anuncio]

Sobre o outubro rosa, iniciativa de conscientização sobre a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, Fernanda afirmou que esse ano, para ela, será mais importante ainda. “Está sendo uma coisa muito especial, principalmente por ter vivido e ter vencido essa doença, está sendo um outubro rosa muito especial, porque eu tenho certeza que, com a minha experiência, eu posso alertar, ajudar, dar uma palavra de apoio e encorajar muita gente que precisa nesse momento de informação. Daqui pra frente, vai ser uma luta bem importante que eu estou aí pra ajudar“, disse.

A modelo concordou com a fala de Fátima sobre a doença ser traiçoeira e, às vezes, fazer com que mulheres não se examinem por pensarem que estão bem. “A gente tem que desmistificar esse nome tão forte. O câncer é uma doença muito séria, muito difícil, mas ele tem cura. Principalmente se você tem um diagnóstico precoce, então é muito importante a gente entender que conhecendo o nosso corpo, a gente vai conseguir distinguir coisas diferentes… É preferível você descobrir um problema no início, porque a chance de cura é muito maior“, falou.

[anuncio]

Pode acontecer com qualquer um, o câncer não distingue pessoas, a gente não pode achar que não vai acontecer com a gente. É muito melhor a gente se cuidar e prevenir, porque a maior cura é a prevenção“, pontuou.

Fernanda ressaltou a importância de manter a positividade durante o tratamento. “Acredito muito que a cabeça da gente é nosso guia. Se não forem 50%, no mínimo, 40% da cura vêm da nossa cabeça. Se você tem um pensamento positivo e se sua cabeça está mais positiva, as células do seu corpo vão te ajudar. Eu sempre acreditei que eu tinha que seguir o tratamento e eu tinha que ter força pra isso. O otimismo faz com que a gente tenha mais força pra enfrentar as dificuldades. Eu não deixei de trabalhar, sempre mantive minha cabeça muito ocupada, eu sempre gostei muito da vida. Nunca pensei que seria o fim“, afirmou.

Ao relembrar um desabafo que fez nas redes sociais agradecendo às mensagens de carinho, a modelo se emocionou. “Eu falo que eu sou muito prática, mas tiveram vários momentos de choro, de emoção. Me deu muita vontade de fazer esse vídeo, porque eu recebi muitas mensagens de mulheres que me falaram assim: ‘Nossa, Fernanda, você me encorajou, eu vou fazer o exame’ ou ‘Eu vou começar amanhã o tratamento’. É muito emocionante você ver que pode, com uma coisa que aconteceu com você, com uma dificuldade sua, ter a possibilidade de ajudar alguém“, disse.

[anuncio]

Eu me emociono por conta de saber que você conseguiu e que muitas das suas palavras vão dar força pra outras pessoas que vão conseguir também , e eu tenho certeza“, finalizou. Assista:

O post Encontro: Fernanda Motta chora ao falar ao vivo sobre luta contra câncer de mama: “Nunca pensei que seria o fim”; assista apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.