Ads Top

convite para visitar o site da Loja Fetiches

Modelo alagoana desaparecida há um ano é encontrada desorientada no Rio de Janeiro; Saiba detalhes

Agentes da Operação Ipanema Presente localizaram, na tarde dessa terça-feira (6), a modelo alagoana Eloisa Pinto Fontes, desaparecida há um ano. A jovem de 26 anos foi encontrada desorientada no Morro do Cantagalo, na Zona Sul do Rio, local onde, segundo o jornal Extra, vivia em situação de rua.

De acordo com a polícia local, Eloisa foi levada até a base do Ipanema Presente, na Praça General Osório, e lá recebeu apoio social. Na sequência, a modelo foi encaminhada para o Instituto Municipal Philippe Pinel, na Urca, onde passou por uma avaliação psiquiátrica e ficou internada para cuidados de sua saúde mental.

[anuncio]

A Secretaria Municipal de Saúde informou que Fontes segue em avaliação. No entanto, detalhes sobre a situação da alagoana são restritas à família, que já foi localizada pelo serviço social. O programa Segurança Presente comunicou ainda que a jovem corria risco de morte na comunidade.

Eloísa foi encontrada no Morro do Cantagalo. (Foto: Divulgação)

Francisco Assis, um amigo de Eloisa que mora no Rio de Janeiro, ajudou na ação conjunta da polícia e, em comunicado obtido pelo UOL, agradeceu o trabalho das autoridades. “Quero agradecer à Polícia Militar do Rio, a todos envolvidos nesse programa (Segurança Presente) que salvaram uma pessoa conhecida nossa que estava em situação de rua e correndo risco de vida. Conseguimos levar ela pro Pinel, um atendimento 100%, com pessoas gentis que compreenderam a situação. Obrigado às autoridades envolvidas”, declarou.

Modelo já havia sumido antes

Em junho de 2019, Eloisa foi encontrada vagando pelas ruas de White Plains, cidade que fica a 30 minutos do centro de Manhattan, Nova York, após cinco dias desaparecida. Recém-contratada pela Marilyn Agency, a moça teve a carreira internacional abalada pelo episódio. “É uma modelo responsável que, infelizmente, pode estar passando por problemas pessoais. Eu realmente espero que a gente consiga encontrá-la”, disse um agente da jovem na ocasião.

Estrela de campanha para a Dolce & Gabbana e garota de capa de revistas conceituadas como “Elle”, “Grazia” e “Glamour”, Fontes voltou para o Rio em janeiro de 2020, depois de uma temporada de 11 meses de altos e baixos nos Estados Unidos. Segundo o Extra, a alagoana decidiu retornar ao país sem comunicar a família e, a princípio, teria dividido um apartamento em Copacabana com um amigo.

Rapidamente, Eloisa teria dado início a um namoro com um morador da Barra da Tijuca, para onde se mudou. A partir daí, Francisco Assis – que ajudou a polícia na operação – apontou mudanças no comportamento da alagoana, que passou a apresentar instabilidades, até que o relacionamento amoroso dela chegou ao fim.

(Foto: Divulgação)

Sem conseguir fechar trabalhos como modelo, Fontes passou a ser vista em comunidades como Cidade de Deus e Jacarezinho. Em agosto, foi internada em um novo surto no hospital municipal Lourenço Jorge, na Barra, e em seguida transferida para o Hospital Jurandyr Manfredini, em Curicica. O ex-namorado entrou em contato com a família, que pediu ajuda a Francisco, que só assim tomou ciência da história da colega.

“Acolhi a mãe dela, que veio quando soube da internação. Uma mulher muito simples, que vive num sítio em Piranhas, no interior de Alagoas. Estava desesperada”, contou Assis. Tão logo reencontrou a família, Eloisa foi levada para a casa de uma irmã em Minas Gerais, mas fugiu de volta para o Rio e passou a viver no Morro do Cantagalo, em situação de rua.

[anuncio]

“Quando ela estiver em condições de sair, a família vem de Alagoas. Por enquanto, estão todos sofrendo muito. É uma situação muito difícil. É uma menina que saiu de casa com 17 anos. Ganhou um concurso e foi pra São Paulo. Foi emancipada e caiu no mundo sem orientação nem acompanhamento. Eu acredito que haja outras jovens modelos como Eloisa por aí, e as famílias precisam ficar atentas”, alertou Francisco.

Nascida em cidade pequena no interior de Alagoas, Eloisa foi casada e tem uma filha, Azzurra, com o modelo e produtor executivo russo Andre Birleanu, de 41 anos. Os dois se conheceram em 2012, em São Paulo, e se casaram em 2014. Ele – que ficou conhecido pela sua participação no programa norte-americano “America’s most smartest model” – tem a guarda da criança.

O post Modelo alagoana desaparecida há um ano é encontrada desorientada no Rio de Janeiro; Saiba detalhes apareceu primeiro em Hugo Gloss.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.